+ Esporte

20/09/2018 16:26

AMENIZANDO – Governo volta atrás e envia delegação de MT para Jogos Escolares em Manaus

Depois de divulgar através de nota oficial, que não dispunha do valor de pouco mais de 700 mil para a compra de passagem e que com isso estaria cancelando o envio dos 150 atletas de Mato Grosso para a fase nacional dos Jogos Escolares que estão acontecendo em Manaus, o Governo do Estado viu através das redes sociais e de vários segmentos da imprensa matogrossense o apelo coletivo, que mostrou o tamanho do prejuízo que isso causaria para o estado, como uma suspensão dos próximos eventos esportivos nacionais e principalmente, para os atletas, que aguardavam ansiosos esse que é o maior e mais importante evento esportivo escolar do Brasil, e voltou atrás na sua decisão.

Uma parceria com a FAB, COB e o Ministério da Educação, o Governo do Estado de Mato Grosso acabou conseguindo um avião da FAB para o translado dos atletas até Manaus. Em troca disso, apenas o combustível será fornecido pelo governo .

 A alegria dos atletas de Mato Grosso antes do embarque                                             

arte da delegação embarcou ainda ontem no avião da FAB chegando pela madrugada.  Das equipes que estreiaram nesse primeiro dia de competição pela manhã, vitória das equipes de basquetebol feminino de Sorriso feminino e derrota por WO da equipe de futsal de Nobres, que não conseguiu chegar a tempo em quadra. Mesmo assim, a equipe continua na competição.

Apesar de ter resolvido a situação aos “90 minutos da etapa final”, vale lembrar que a ação do governo acabou não agradando a todos, já que nem todas as equipes conseguiram embarcar para a competição.

Equipe de basquetebol de Sorriso estréia com vitória

Confira a nota emitida pela Seduc: 

Sobre os Jogos Escolares da Juventude, a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informa que: 

1 – Graças a um esforço conjunto entre Governo do Estado, prefeituras, Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Ministério da Educação foi possível viabilizar a viagem dos atletas mato-grosssenses para a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, que teve início nesta quinta-feira (20.09), em Manaus (AM; 

2 – A parceria firmada com a Força Aérea Brasileira (FAB) para o transporte de parte dos estudantes, que prevê o pagamento apenas do combustível utilizado para abastecer a aeronave, resultou na possibilidade de atendimento de nossos atletas; 

3 – Ao todo, 140 esportistas das modalidades coletivas embarcaram, juntamente com suas equipes técnicas, na madrugada e manhã desta quinta-feira. Mesmo com o atraso na chegada, todos os alunos foram devidamente inscritos na competição; 

4 – Ressalta ainda que a delegação de Mato Grosso não será completa, pois os atletas de Porto Alegre do Norte (1.142 km de Cuiabá) não conseguiram chegar a tempo à Capital; 

5 – Além disso, uma única equipe, a do futsal feminino, representante do município de Nobres, perdeu por WO (a atribuição de uma vitória a uma equipe ou competidor quando a equipe adversária está impossibilitada de competir). Porém, elas seguem na competição, já que o WO não foi eliminatório; 

6 – Ainda nesta manhã, as equipes do basquete femininos, das categorias de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, da Escola Estadual 13 de Maio, de Sorriso, conquistaram as primeiras vitórias para Mato Grosso. As atletas chegaram em Manaus às 6 da manhã, competiram e venceram, em uma demonstração de superação; 

7 – Sobre as etapas que antecederam a nacional, a Seduc frisa que o Estado investiu R$ 1, 1 milhão para a realização dos Jogos Escolares da Juventude 2018, nos meses de agosto e setembro, nas etapas estaduais, o que demonstra o compromisso da gestão com a prática do esporte entre as crianças e jovens mato-grossenses. Sete municípios sediaram as competições, que reuniu cerca de 3 mil atletas, entre 12 e 17 anos, disputando 14 modalidades, e um público estimado em 30 mil espectadores; 

8 – Por fim, a Seduc ressalta que devido à saúde financeira e dificuldades com o custeio de passagens, outros estados não conseguiram viabilizar a ida de todos os atletas à competição, exemplo do Amapá, que está competindo com apenas quatro equipes.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo