Basquete

06/06/2014 10:12

Em 'caldeirão', Spurs batem Heat e saem na frente em decisão

O San Antonio Spurs saiu na frente na decisão da temporada 2013/2014 da NBA. Na noite desta quarta-feira, contando com o grande apoio da torcida no AT&T Center (e com o forte calor na arena, em virtude da quebra do ar-condicionado, que gerou reclamações dos adversários), a franquia do Texas superou o Miami Heat por 110 a 95 e fez 1 a 0 na final.

 O triunfo serve para aumentar a confiança na veterana equipe de Gregg Popovich, que pode dar um passo importante rumo ao título da liga americana de basquete já no próximo domingo.

Um fator peculiar marcou o primeiro duelo da final. O ar-condicionado do AT&T Center pifou, e o calor atingiu as duas equipes. O mais prejudicado foi LeBron James, que deixou o jogo no último período com uma lesão. Tornou-se constante a cena de alguém do banco de reservas abanando os jogadores para amenizar a alta temperatura na arena.

 Fora o fator externo, os arremessos do perímetro e a parcial de 31 a 9 no último período deram a vitória aos Spurs. Pela equipe da casa, Manu Ginobili terminou com a sua melhor atuação na pós-temporada: 16 pontos e 11 assistências. Tim Duncan, com 21 pontos e 10 rebotes, também colaborou de forma decisiva.

 Já o Miami Heat contou com ótimas atuações de suas estrelas. LeBron James, que deixou o jogo no último período, fez 25 pontos. Dwayne Wade encerrou o duelo com 19, enquanto Chris Bosh com 18. 

Enquanto o ar ainda funcionava, o San Antonio ditou o ritmo da partida. Inspirado, Manu Ginóbili anotou nove pontos no primeiro período para colocar a equipe da casa na arena e incendiar o público, ativo nesta noite. Apesar do ritmo intenso dos mandantes, o Heat seguia próximo no placar. 

Com arremessos do perímetro e um jogo trabalhado no ataque, os visitantes encostaram de vez no segundo período, após uma bola de três de Chris Bosh que registrou as duas equipes com 36 pontos no marcador. O equilíbrio, tão esperado para uma decisão entre estas duas franquias, se manteve até o intervalo. 

Depois do retorno dos intervalos, a falha no sistema de ar-condicionado do AT&Center começou a incomodar. Juan Howard, campeão da NBA com o Miami Heat, tratou de tentar amenizar o ‘caldeirão' ao abanar os jogadores; contudo, não funcionou. Os visitantes sentiram demais e sofreram as consequências no último período. 

Em um momento no qual o duelo permanecia equilibrado, LeBron James parou no ataque com suspeita de uma lesão muscular. O ala deixou a quadra para não voltar mais ao jogo. Foi aí que os Spurs aproveitaram de vez para assegurar o resultado positivo na abertura da série. 

Danny Green, sumido durante os três primeiros períodos, fez oito pontos em menos de um minuto (com duas bolas de três) e deu a consistência que faltava para os mandantes abrirem vantagem no placar. Com o ginásio fervendo, tanto a temperatura quanto o público, e sem LeBron, ficou complicado para o Heat, que deixa a abertura da série com 0 a 1.

 

espn


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo