A CBF definiu a premiação que será paga aos jogadores da seleção brasileira em caso de título na Copa do Mundo na Rússia. Cada jogador terá direito a 500 mil dólares (R$ 1,87 milhão), em um valor total de R$ 43,1 milhões. A informação é do portal “UOL”.

O técnico Tite também terá direito a valor semelhante caso o hexacampeonato seja conquistado em 2018. O acordo foi fechado entre a direção da CBF e a comissão técnico dias antes do empate em 1 a 1 com a Suíça no último domingo, estreia brasileira no Mundial.

O valor, em dólares, é o mesmo que havia sido combinado em 2014, quando a seleção avançou até a semifinal, mas acabou goleada por 7 a 1 pela Alemanha.

Com a atual cotação da moeda norte-americana, porém, o bônus tem um acréscimo de R$ 700 mil, permitindo fatia maior para os 23 atletas convocados.

Para efeito de comparação, o pentacampeonato na Coreia do Sul e no Japão, em 2002, rendeu 150 mil dólares. Já o tetra, em 1994, nos Estados Unidos, só 40 mil dólares.