Esportes - Geral

23/10/2017 16:25

Por dívida de R$ 500 mil, dirigentes brigam durante Arbitral da Federação de MT

(esportes&noticias)

Nem tudo transcorreu bem durante a realização do Conselho Arbitral do Campeonato Mato-grossense de 2018, realizado na quarta-feira na sede da Federação Mato-grossense de Futebol. Um desentendimento entre dois dirigentes acabou prejudicando o ambiente de cordialidade do encontro. Tudo devido a cobrança de uma dívida.

A cena, vista por todos que estavam presentes foi entre o presidente do Operário, o César Gaúcho e o ex presidente do União e chegou as vias de fatos, sendo preciso que dirigentes de outros clubes intercedesse.

César Gaúcho foi participar do Arbitral representando o Operário Várzea-grandense e aproveitou para cobrar do União uma dívida de aproximadamente R$ 500 mil, referente a um empréstimo que fez para o ex-presidente do clube de Rondonópolis, Carlos Rufino. O representante unionino não gostou da reclamação. Houve gritos, reclamações e até troca de socos.

O presidente do Operário, que deixou recentemente o Pronto Socorro de Várzea Grande, onde ficou internado vítima de um Acidente Vascular Celebral – AVC – disse que está com um cheque sem fundos do União, passado pelo ex-presidente Carlos Rufino e que quer receber a dívida. Na confusão ele ainda desafio o desafeto, lembrando que sua mão direita está paralisada devido ao AVC, mas que a direita estava excelente para o combate.

Apos o entrevero entre os presidentes, passado alguns minutos os dois pareciam lavadeiras de beira de rio, um mostrando o celular para o outro e dando risadas, algo combinado, ou pessoas sem noção.?


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo