Esportes - Geral

01/02/2018 10:32

Colaboradora do Univag treina com Seleção Brasileira de Goalball

(FOLHAMAX)

A colaboradora do Univag Centro Universitário, Isis Paes da Cruz, atleta na modalidade de Goalball, foi convocada pela seleção brasileira para I Fase de Treinamento de 2018. O grupo iniciou as atividades no dia 22 de janeiro no Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo.

Isis compõe a equipe de atletas do setor de Esportes do Univag, criado por meio de uma parceria firmada em dezembro de 2014 entre a Instituição e a AMC-MT (Associação Matogrossense dos Cegos), com o objetivo de ampliar a inclusão social e promover a prática de esportes das pessoas com deficiências.

“A parceria com a AMC tem sido fundamental para indicação de candidatos a colaboradores do Univag, na função de atleta. Hoje temos diversos colaboradores atletas que executam os seus treinos nas instalações do nosso Campus. Aqui eles recebem todo o suporte necessário não só para os treinos, mas também para atendimentos na área de saúde, ofertados pela nossa Clínica Integrada. Todo esse suporte que o Univag oferece tem trazido resultados positivos para eles, dando condições para que participem de grandes campeonatos nas modalidades de Goalball e Futebol de 5. Ver nossos atletas ganhando destaque na seleção brasileira é um grande orgulho para o Univag”, destaca a Coordenadora de Gestão de Pessoas do Univag, Ana Carolina Amorim.

A atleta que representa Mato Grosso foi destaque nos campeonatos em 2017, o que a levou a ser convocada pela Seleção Brasileira para a I Fase de Treinamento. “Para nós da Associação é um grande orgulho ter mais uma atleta na seleção brasileira. Já tivemos a Claudia Paula Gonçalves de Amorim Oliveira, que disputou a Paralimpíada Rio 2016, e agora a Isis foi convocada. Isso é resultado da parceria com o Univag, que incentiva nossos atletas e dá a oportunidade de caminhar no mundo dos esportes”, comenta o diretor de esportes da AMC, Luciano Marcelo de Campos.

Isis perdeu parte da visão aos seis anos de idade. Aos 21, com apenas 12% da visão, conheceu o Goalball e pela primeira vez irá vestir a camisa da seleção brasileira. A convocação para as próximas fases dependerá do desempenho apresentado pela atleta nesta fase, podendo levá-la a disputar o mundial de Goalball na Suécia, em março.

“Desde que eu entrei para o time do Univag eu sempre tive esse objetivo de chegar à seleção brasileira e hoje eu consegui. A parceria entre as instituições tem um grande peso nessa conquista. Hoje temos uma quadra fixa no campus Univag, onde executamos os treinos, temos todo suporte e incentivo no mundo esportivo paralímpico”, conta Isis.

A atleta não tem medido esforços para conquistar a vaga definitiva na seleção e garante que irá para participar do campeonato mundial.  “Minha meta é continuar na seleção brasileira de Goalball. Essa primeira fase de treinamento foi muito produtiva, eles me elogiaram muito. Estou muito feliz”, finaliza Isis.

A atleta já foi selecionada para segunda fase de treinos, que acontece entre 14 e 23 de fevereiro, em São Paulo.

Goalball

A modalidade Goalball foi criada exclusivamente para atletas cegos e portadores de visão subnormal. Os atletas jogam com bolas de 76 cm de diâmetro e 1,25 Kg, se orientando para defender e também atacar.

Mesmo que ainda pouco conhecida no Brasil, o grande número de atletas permitiu que o Brasil experimentasse uma enorme evolução neste esporte, ganhando, pela primeira vez, a medalha de prata nas Paraolimpíadas de Londres, em 2012.

Este é um esporte de equipe, disputado por dois times de três jogadores com, no máximo, três atletas reservas. Podem competir na mesma equipe atletas das classes B1(cego), B2 e B3 (portadores de visão subnormal), segundo as normas de classificação da Federação Internacional de Esportes para Cegos (IBSA). O Goalball é disputado nas categorias masculina e feminina.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo