Esportes - Geral

01/10/2018 16:19

Confederação Brasileira de Atletismo homenageia atletas da categoria máster

Bons atletas não faltam ao Brasil nas várias modalidades do Atletismo e em todas as categorias de idade. Na categoria máster, por exemplo, o Brasil já teve e continua a ter representantes que conquistaram títulos ou estabeleceram recordes mundiais. No Dia Internacional da Terceira Idade é importante lembrar dos brasileiros que alcançaram êxito, a CBAt presta homenagem aos atletas continuam a praticar o esporte-base após
Um destes nomes mais conhecidos é o de Wanda dos Santos, atualmente membro do Conselho Fiscal da CBAt. Como atleta, defendeu em quase toda a sua carreira o São Paulo FC e treinou com o legendário técnico Ditriech Gerner. No auge de sua carreira, conquistou 51 vitórias no Troféu Brasil de Atletismo. Como veterana tornou-se também uma grande campeã.
Aída dos Santos foi a quarta colocada no salto em altura na Olimpíada de Tóquio em 1964, então a melhor performance de uma brasileira na história dos Jogos. Odete Valentino Domingos é outro nome importante. Ela foi recordista sul-americana do lançamento do disco. Aos 84 anos ainda trabalha como professora da Escola de Cadetes em Campinas.
No passado outro atleta que brilhou nas pistas internacionais, na categoria principal e depois como veterano, foi Lucio Almeida Prata de Castro. Sexto no salto com vara nos Jogos de Los Angeles 1932, ele competiu várias vezes em Mundiais na categoria máster.
"São muitos os atletas que brilharam na carreira e depois continuaram a servir de exemplo competindo entre os veteranos", comentou o presidente da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho. "Neste Dia Internacional da Terceira Idade, o nosso respeito aos atletas na categoria máster", concluiu o dirigente.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo