Esportes - Geral

18/10/2018 15:05

Longe do futebol, Jean Chera se dedica ao Fifa e joga o Brasileiro do game

(UOL)

Há um ano fora dos gramados, Jean Chera, ex-promessa do Santos, tem entrado em campo de forma virtual. O jogador treina para voltar ao futebol em 2019, mas se dedica principalmente a outra paixão: os e-Sports. Chera, de 23 anos, faz parte de um time profissional do game Fifa, o SKN, candidato ao título brasileiro da temporada na modalidade Pro Clubs (em que os times são montados por 11 gamers que jogam 11 do outro lado). São 11 titulares e mais quatro atletas reservas que montam seu próprio estilo físico de jogador (cabelo, boca, cor da pele, etc) e duelam contra outros clubes. Jean Chera é um dos donos do SKN, e foi campeão da divisão desafiante na última temporada – como se fosse uma Série B.

O jogador virtual Jean Chera, do SKN No Fifa 19, lançado este mês, disputará a divisão profissional contra times conhecidos, como o CNB de Ronaldo Fenômeno, o Atlético-PR e o Vitória. Serão R$ 200 mil de premiação total no Campeonato Brasileiro Pro Clubes da liga virtual de futebol VPSL. Os torneios do CBPro começam em janeiro de 2019. Antes disso, o time de Jean Chera disputará o campeonato de pré-temporada, no final de outubro, e terá premiação inicial de R$ 5 mil. Jean contou ao UOL que a categoria Pro Clubs o atrai principalmente por ser como "a vida real".

Ele explicou que como é jogador de futebol, acaba tendo um pouco mais de noção na hora de se posicionar na modalidade 11 contra 11. Depois de ganhar a divisão desafiante, ele busca patrocinadores. "Além dos campeonatos nacionais, as ligas têm parcerias com ligas internacionais. Um Campeonato Brasileiro, por exemplo, vale para disputar a Libertadores com times da Colômbia, Chile, Paraguai. É como se fosse na vida real. É um simulador da vida, até por isso acho que vai explodir, porque futebol é a paixão do brasileiro, do mundo", ressaltou.

A paixão pelo game começou como com todo mundo, como diversão. "Eu sempre joguei Fifa, desde o 12 anos. E agora é algo que está indo para a profissionalização. Tem potencial para explodir e chegar perto de e-Sports que pagam milhões. Tem empresas como a do Ronaldo Fenômeno, então está crescendo bastante. Meu time foi o melhor do PlayStation 4 no Fifa 18, com 13 títulos no total", explicou.

Além de jogar como atacante, Jean cuida da parte de contratações e marketing do SKN. O outro dono do clube é o treinador. "O time tem uns 3 anos. Eu e mais um amigo separamos as funções. Ele é como se fosse nosso treinador. Dá o treino, escala o time, formação, estuda adversários e eu fico com a parte extracampo de gerenciar quem entra e quem sai, contratar, inscrever os times nos campeonatos, reportar as partidas, fazer o marketing. Eu já tenho meu elenco montado com 16 jogadores, porque temos que ter reservas. É preciso ter elenco. Agora, eu estou buscando parceiros, investidores", ressalta.

A rotina do time de Chera tem jogos três vezes por semana. "As partidas acontecem segunda, terça e quinta. Entramos 21h30 e fazemos joguinhos para aquecer e depois são quatro jogos oficiais, para valer. Ficamos das 21h30 até 00h30 jogando", disse. Na última temporada o time de Chera, campeão da "série B", teve 80 vitórias, 10 empates e 8 derrotas na liga VPSL. Agora terá chance de enfrentar o grande campeão da divisão profissional, a equipe patrocinada por Ronaldo Fenômeno.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo