Esportes - Geral

25/10/2019 09:42

CIRCUITO BRASILEIRO EM CUIABÁ: Maria Clara retorna com vitória e estreantes também avançam

Em Cuiabá (MT) 

A disputa do classificatório feminino em Cuiabá (MT), na manhã desta quinta-feira (24.10), definiu as últimas oito vagas à fase de grupos e o chaveamento da etapa válida pela temporada 19/20 do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia. Entre os oito times que avançaram, destaque para três atletas estreantes na chave principal da competição e o retorno da defensora Maria Clara Salgado ao tour após um ano e meio.

O classificatório é disputado pelas duplas que estão fora do ranking de entradas e que buscam uma vaga no torneio. Em Cuiabá, 18 times entraram em quadra em partidas eliminatórias diretas. Avançaram as duplas Fabrine/Flávia (BA/RJ), Ana Paula/Caroline (SP), Thais/Bárbara Ferreira (RJ), Fernanda/Alba (BA), Cris/Pity (SP/BA), Rita Vital/Danielle (RJ/MS), Maria Clara/Victoria Paranagua (RJ/CE) e Sandressa/Rupia (AL/MG).

Maria Clara comentou o retorno debaixo de forte calor em Cuiabá. A última etapa da vice-campeã brasileira e do circuito mundial aconteceu em abril de 2018.

“Por sorte, estávamos treinando em um horário um pouco mais tarde no Rio de Janeiro, por volta das 10h30, para encaixar a agenda da equipe. Mas não foi algo específico. E honestamente eu prefiro jogar no calor, é um fator que não atrapalha, até acho melhor em comparação ao frio. Estou feliz em retornar, a Tory é uma garota especial, muito bacana e faz com que seja divertido estar em quadra e desfrutar destes momentos”, disse.

A parceira, Victoria ‘Tory’ Paranagua, de 23 anos, comentou sobre a parceria recém-formada e a alegria por poder aprender com a carioca, 13 anos mais experiente.

“Está sendo ótimo, é uma honra jogar ao lado da Maria Clara, estou aprendendo todo dia. Assistia ela pela televisão, era uma das referências e agora tenho a chance de atuar ao lado dela. Comecei a rodar o Circuito Brasileiro com a Luiza Amélia, que é outra atleta muito experiente, que sabe muito de vôlei de praia. Tento ser uma esponja de informação, receber o possível de dicas e a visão tática do jogo. Recebi a maioria dos saques, Maria me passou tranquilidade para conseguir manter minha virada de bola”, declarou.

Se de um lado uma atleta experiente avançava, na quadra ao lado, outras jogadoras venciam pela primeira a barreira do classificatório. Casos da baiana Fernanda e da dupla paulista Ana Paula e Caroline. Ana Paula, que começou no vôlei de quadra, comentou a alegria por poder entrar na fase de grupos do Open pela primeira vez.

“É uma alegria enorme, estou me sentindo até mais leve depois de garantir essa vaga pela primeira vez. Começamos a disputar o Circuito Brasileiro na temporada passada, mas já jogamos juntas há quatro anos na nossa região, em Araçatuba (SP). Sabemos que não é fácil, é preciso investir para viajar aos torneios, mas nada como um jogo desse, superando um forte calor e tie-break para sentir essa recompensa. Viemos da quadra, nos conhecemos disputando torneios por lazer, mas pegamos gosto. Hoje penso que demorei para entrar no vôlei de praia, me apaixonei pela modalidade”, declarou.

A parceria de Ana Paula, Caroline, também destacou a importância de uma boa preparação física para suportar o calor e as condições específicas inerentes ao vôlei de praia.

“Em outras etapas vínhamos vencendo a partida de estreia, mas acabávamos perdendo na disputa da vaga muitas vezes, eliminadas nos detalhes. É difícil, você tem que manter a cabeça motivada, treinar e ter paciência. Estamos muito contentes por essa classificação finalmente ter vindo. O treino na areia é muito forte, puxado, a parte física precisa estar muito forte, mas felizmente conseguimos”, disse Caroline, de 37 anos.

Por fim, uma das caçulas do torneio, a baiana Fernanda, de 18 anos, também celebrou a vaga. Jogando ao lado da experiente Alba, a atleta que disputa os campeonatos de base e foi convocada para treinamentos das seleções sub-19, comentou a primeira classificação à fase de grupos do Circuito Brasileiro Open.

“Estou muito feliz, estava bastante nervosa, pois já joguei contra elas antes e foi uma partida muito difícil, recebi a maioria dos saques e não consegui desempenhar meu melhor voleibol. Mas felizmente a Alba me ajudou demais, é muito experiente e entrei confiante de que conseguiria esta primeira classificação. Fico feliz em dar meus primeiros passos, ainda tenho um ano na categoria Sub-21, mas estou muito focada no adulto, a evolução é muito maior, mais rápida”, disse Fernanda.

As oito duplas classificadas se juntam com os times já garantidos no naipe feminino pelo ranking de entradas. São elas Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Fernanda/Bárbara Seixas (RJ), Talita/Taiana (AL/CE), Tainá/Victoria (SE/MS), Carol Horta/Ângela (CE/DF), Juliana/Josi (CE/SC), Neide/Andrezza (AL/AM), Vivian/Vitoria (PA/RJ), Andressa/Diana (PB/RJ), Aline/Juliana Simões (SC/PR), Rafaela/Jéssica (PA), Val/Érica Freitas (RJ/MG), Izabel/Thati (PA/PB), Thamela/Ingridh (ES/PR), Solange/Teresa (DF/CE) e Naiana/Rosimeire Lima (CE/AL).

O Circuito Brasileiro 19/20 conta com sete etapas, três realizadas no segundo semestre deste ano, e quatro que acontecem no primeiro semestre de 2020. A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Após Cuiabá, o torneio segue para Ribeirão Preto (SP), em novembro. Já as etapas de 2020 passarão por João Pessoa (PB), Maceió (AL), Aracaju (SE) e Rio de Janeiro (RJ).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 46 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos mais de R$ 500 mil por etapa.

FASE DE GRUPOS - TORNEIO FEMININO -25.10

Grupo A
Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) x Ana Paula/Caroline (SP) - 8h30
Izabel/Thati (PA/PB) x Thamela/Ingridh (ES/PR) - 8h30

Grupo B 
Fernanda Beri/Bárbara Seixas (RJ) x Alba/Fernanda (BA) - 9h20 
Rafaela/Jéssica (PA) x Solange/Teresa (DF/CE) - 9h20

Grupo C 
Tainá/Victoria (SE/MS) x Rita Vital/Danni (RJ/MS) - 10h10
Aline/Juliana Simões (SC/PR) x Naiana/Rosimeire (CE/AL) - 10h10

Grupo D
Carol Horta/Ângela (CE/DF) x Sandressa/Rupia (AL/MG) - 10h10
Val/Érica Freitas (RJ/MG) x Lu/Alana (SP) - 10h10

Grupo E 
Juliana/Josi (CE/SC) x Maria Clara/Victoria Paranagua (RJ/CE) - 9h20 
Andressa/Diana (PB/RJ) x Fabrine/Flávia Moura (BA/RJ) - 9h20

Grupo F
Andrezza/Neide (AM/AL) x Cris/Pity (SP/BA) - 8h30
Vivian/Victoria (PA/RJ) x Thais/Bárbara Ferreira (RJ) - 8h30

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
https://2018.cbv.com.br/galeria/2217/cuiaba-mt---24.10.2019----feminino---circuito-brasileiro-open

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=43&sexo=F

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Imagens disponíveis para download ...
Alta  | Web
Fernanda em ação durante sua primeira classificação à fase de grupos do Open (William Lucas/Inovafoto/CBV)

Fernanda em ação durante sua primeira classificação à fase de grupos do Open

 

(William Lucas/Inovafoto/CBV)

Alta  | Web
Maria Clara defende ataque adversário durante vitória em Cuiabá (William Lucas/Inovafoto/CBV)

        Maria Clara defende ataque adversário durante vitória em Cuiabá


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo