Esportes - Geral

05/11/2019 10:21

Governo de MT rompe contrato com empresa que presta serviços de tecnologia na Arena Pantanal

Consórcio prestava serviços de tecnologia na Arena Pantanal — Foto: Assessoria/CuiabáEC

A Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra) rescindiu o contrato com o Consórcio CLE – Arena Pantanal para a prestação de serviços de tecnologia e comunicação, no estádio A decisão foi publicada no Diário Oficial que circula nesta segunda-feira (4).

O contrato firmado em 2013, com o valor final estimado em R$ 110,8 milhões, previa o fornecimento de materiais, equipamentos e prestação de serviços técnicos especializados de instalação, ativação, configuração, realização de testes, garantia, treinamento, manutenção, operação e suporte para a implementação de sistemas de telecomunicações.

Apesar de os serviços terem sido pagos e os equipamentos funcionado durante a Copa 2014, no início deste ano, no início da gestão, o governo Mauro Mendes (DEM) informou que o consórcio se recusou a fornecer as chaves de acesso a alguns sistemas, impedindo o pleno funcionamento dos equipamentos da Arena.

Por causa disso, foram feitas várias notificações, o acautelamento de medições como forma de precaver o estado de eventuais prejuízos e, em função de terem se esgotado as tentativas de se equacionar os impasses pelas vias administrativas e o estado judicializou o contrato.

 
Consórcio de empresas era responsável pelo telão instalado na Arena Pantanal  — Foto: Edson Rodrigues/Secopa-MT

Consórcio de empresas era responsável pelo telão instalado na Arena Pantanal — Foto: Edson Rodrigues/Secopa-MT

Nestes serviços estão inclusos o sistema de TV, sistemas de segurança, controle de acesso e detecção e alarme de incêndio, sistema de sonorização e telão, sistema de automação predial e sistema de broadscasting.

A rescisão não dispensa o governo e nem a empresa de cumprir as obrigações contratuais eventualmente pendentes, por ambas as partes.

Como os contratos são antigos, o governo ainda vai avaliar se novas empresas serão contratadas para prestar esse tipo de serviço. Por enquanto, nenhuma empresa ficará responsável pelos serviços.

Atualmente, o uso da arena vem sendo administrado pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc).


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo