Esportes - Geral

18/05/2020 12:31

Clube coloca bonecas infláveis na arquibancada, cria polêmica e se desculpa

(ESPN)

O FC Seoul, principal clube da Coréia do Sul, pediu desculpas aos torcedores após colocar bonecas infláveis nas arquibancadas durante a vitória por 1 a 0 sobre o Gwangju FC no último domingo (17).

A K-League, principal competição do país, foi iniciada em 8 de maio, mas a entrada dos torcedores ainda não é permitidas nos estádios por conta da pandemia de coronavírus.

No primeiro jogo em casa do Seoul, cerca de 20 manequins, muitos segurando bandeiras do clube e todos usando máscaras, foram espaçados uniformemente em torno dos assentos atrás do gol, geralmente ocupado pelos fãs mais ativos do time.

À medida que o jogo progredia, no entanto, as redes sociais começaram repercutir a situação, uma vez que os espectadores percebiam que esses manequins, fornecidos por uma empresa local, cujo CEO é torcedor do Seul, pareciam muito com bonecas infláveis.

Além disso, alguns manequins mantinham cartazes oferecendo mensagens de apoio aos jogadores que pareciam referenciar sites de streaming de conteúdo adulto.

Em comunicado oficial, o Seul afirmou que houve um mal-entendido com o fornecedor e que as bonecas não eram para uso adulto.

"Gostaríamos de pedir desculpas aos fãs", disse o clube em nota divulgada nas redes sociais.

"Lamentamos muito pelos manequins de apoio que foram colocados durante o jogo em 17 de maio. Esses manequins podem ter sido produzidos parecidos com humanos, mas não são para uso sexual - como confirmado pelo fabricante desde o início. "

A página inicial do fabricante está atualmente offline.

"Nossa intenção era fazer algo leve nestes tempos difíceis. Pensaremos bastante sobre o que precisamos fazer para garantir que algo assim nunca aconteça novamente", acrescentou o clube.

Os regulamentos da K-League proíbem anúncios inapropriados ou sexuais. Desta forma, o Seul pode receber uma multa pesada se for considerado culpado no caso.

Um funcionário não identificado da K-League disse ao site de notícias “OSEN” que o assunto seria analisado.

"Não é fácil dizer se isso infringe as regras, pois não é uma violação clara", disse a autoridade. "Estamos tentando obter uma interpretação clara".

Com o torneio da Coréia do Sul desfrutando de uma atenção internacional sem precedentes depois de se tornar a primeira liga a jogar disputar competitivos desde a disseminação do coronavírus, o clube tem sido fortemente criticado nas mídias sociais, uma vez que os fãs acusam o Seul de prejudicar o prestígio do futebol coreano - que também pode ser um crime punível.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo