Mundo

27/09/2017 17:15

Pena do goleiro Bruno e da ex-namorada são reduzidas

(noticiasaominuto)

A pena do goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte de Eliza Samudio, foi reduzida de 22 anos e três meses para 20 anos e nove meses de reclusão. Os desembargadores do Tribunal de Justiça foram os responsáveis por reduzir 18 meses da pena. O julgamento dos recursos iniciou no dia 13 de setembro e foi retomado nesta quarta-feira (27).

Segundo explica o G1, o primeiro recurso era sobre a validade da certidão de óbito de Eliza Samudio, emitido no dia 24 de janeiro de 2013 pelo Cartório de Registro Civil de Vespasiano e autorizado pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, do Tribunal do Júri de Contagem. O recurso foi negado por dois votos a um.

O segundo recurso questionava pontos da condenação de Bruno e de Fernanda Gomes de Castro. No julgamento houve a exibição da foto do filho de Eliza para os jurados e a existência de uma investigação paralela sobre o assassinato da jovem. O recurso foi parcialmente aceito, alterando as penas dos dois apelantes.

+ Mais um homem é preso por ejacular em passageira dentro de ônibus

O acolhimento parcial do recurso fez com que a pena de Fernanda de Castro passasse de cinco para três anos e foi substituída por duas "restritivas de direito". Já Bruno teve a pena por ocultação de cadáver extinta, uma vez que o crime prescreveu.

Bruno está preso no Presídio de Varginha, no Sul de Minas. Ele foi condenado pela morte e pela ocultação de cadáver de Eliza Samudio, além do sequestro do seu filho com a vítima. A namorada de Bruno na época, Fernanda de Castro, foi condenada pelo sequestro e cárcere privado da criança e de Eliza.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo