Mundo

23/10/2017 16:21

CIRCUITO BRASILEIRO: Hevaldo/Arthur Lanci vence etapa de Natal e leva primeiro título da parceria

Em Natal (RN) 

Hevaldo e Arthur Lanci conquistaram na manhã deste domingo (22.10) o título da etapa de Natal (RN) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 2017/2018. A dupla venceu na decisão Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) por 2 sets a 0 (21/18, 21/18), em 43 minutos de jogo, na arena montada na Praia do Forte, que ficou completamente lotada pela torcida local.

Este é o quarto título de etapa do Circuito Brasileiro do cearense Hevaldo, enquanto Arthur, de 21 anos, vence pela primeira vez na carreira. É também o primeiro ouro da equipe, formada em agosto deste ano para o início da temporada e comandada pelo técnico Joanildo Junior. A campanha em Natal (RN) contou com seis vitórias em seis jogos.

Apesar da prata, Vitor Felipe e Guto lideram o ranking geral após dois vice-campeonatos. Eles somam 720 pontos somando as duas etapas disputadas até aqui. A medalha de bronze da etapa de Natal (RN) ficou com Pedro Solberg e George (RJ/PB), que na disputa de bronze superaram Bruno e Moisés (AM/BA) por 2 sets a 0 (23/21, 22/20), em 53 minutos.

Emocionado após a primeira medalha de ouro no tour nacional, Arthur Lanci elogiou o novo parceiro e o trabalho desenvolvido com o CT do técnico Robson Xavier, em Maringá.

“É uma emoção muito grande, os olhos até ficaram marejados depois da partida. É o começo de uma jornada muito grande. Tenho muita coisa a evoluir e muita história pela frente. Quero agradecer ao CT do Robson Xavier, ao pessoal em Maringá, que sempre nos fez acreditar no potencial e manter o sonho de ser um atleta de alto nível”, disse Arthur, que completou.

“Estou jogando com um cara sensacional, experiente, que tem tudo para fazer essa parceria dar certo e agregar ao meu voleibol. Nesta final tivemos uma parte defensiva muito sólida, e não desperdiçamos ataques, cumprimos bem a parte tática e deu muito certo”.

Hevaldo, que volta a vencer uma etapa de Circuito Brasileiro após quatro anos, destacou a motivação e energia que o novo parceiro, 17 anos mais jovem, lhe rendeu.

“É a união da maturidade com o novo, o físico, a empolgação. Precisava de alguém mais novo para me incentivar, me empolgar. Na etapa passada saímos na fase de grupos, agora veio o título. Não deixamos o resultado passado desanimar, ao contrário, foi a motivação. E essa preparação física e mental deu resultado”, disse o Hevaldo, que completou.

“É um ouro que representa muita coisa, muita batalha, persistência. Muitas vezes até pensando que as coisas não dariam certo, e acabam dando. É um trabalho muito coletivo de comissão técnica, psicólogo, preparador físico, o Robson Xavier, que faz um trabalho fantástico em Maringá com os jovens. Tudo isso agrega para que as coisas aconteçam”.

Quem também saiu contente com a participação foi o paraibano George, que além de levar a primeira medalha ao lado de Pedro Solberg, em uma parceria nova, viu o amigo e ex-parceiro nos torneios de base, Arthur, ficar com a medalha de ouro. Juntos eles venceram os Mundiais Sub-19, em 2014 e Sub-21, em 2016.

“Pedro e eu não desistimos nunca da partida. Fizemos alguns jogos começando mal, mas conseguimos virar ou ao menos encostarmo-nos ao placar. E hoje, mesmo após vários jogos, com sol forte, conseguimos virar o jogo. Estou feliz demais com essa parceria, a tendência é só melhorar, vamos nos entrosar cada vez mais, dentro e fora de quadra. E feliz também pelo Arthur subindo ao pódio, é um irmão que o vôlei me deu”, disse George.

O Jogo

Hevaldo e Arthur Lanci começaram mis ligados na partida, com maior volume de defesa. Em contra-ataque de Hevaldo, a dupla abriu 7 a 4 no placar. Alguns erros de ataque, e um ace de Guto viraram o placar para o carioca e o paraibano: 10 a 9. A partida seguiu equilibrada, com os times trocando pontos, sem que ninguém disparasse na pontuação.

Em certo momento, ao tentar salvar uma bola, Hevaldo chocou-se contra uma placa e acabou pedindo atendimento médico. A parada não atrapalhou o cearense, que retornou bem e manteve a virada de bola precisa. Sem deixar os adversários igualarem o placar, Hevaldo e Arthur Lanci fecharam o primeiro set por 21 a 18 em saque para fora de Vitor.

O segundo set começou muito equilibrado, com os dois times conseguindo manter seus ataques. Na primeira parada técnica, Hevaldo e Arthur venciam por 11 a 10. Em contra-ataque de bloqueador cearense, a dupla abriu dois pontos de vantagem: 15 a 13.

Vitor Felipe e Guto reagiram e encostaram no placar, ficando somente um ponto atrás após ponto de saque do paraibano, forçando pedido de tempo dos rivais. Após a parada bloqueio de Vitor em Hevaldo deixou tudo igual no placar: 17 a 17. Na hora da decisão do set, um ataque potente de Arthur e um erro de ataque dos adversários deixou o match point para a dupla Hevaldo e Arthur, que fechou o duelo após ataque para fora de Vitor: 21 a 18.

O Circuito Brasileiro 2017/2018 é composto por sete etapas, três delas que ocorrem até o final deste ano, enquanto outras quatro serão realizadas em 2018, com cidades e datas a definir. Além de Campo Grande e Natal (RN), o tour passará por Itapema (SC), de 15 a 19 de novembro. A entrada à torcida em todos os torneios é franca.

A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são quase R$ 500 mil por etapa. A novidade nesta temporada fica por conta da volta do classificatório e do aumento de duplas, passando de 16 para 24 times na fase de grupos da competição.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=27&sexo=m

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
http://2017.cbv.com.br/galeria/1960/natal-rn---22.10.2017---circuito-brasileiro-open

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Imagens disponíveis para download ...
Alta  | Web 
Disputa contou com arena lotada na capital potiguar (Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Disputa contou com arena lotada na capital potiguar 
(Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Alta  | Web 
Dupla comemora o ouro após o ponto final em Natal (Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Dupla comemora o ouro após o ponto final em Natal 
(Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Alta  | Web 
Arthur Lanci recebe um banho do parceiro Hevaldo no pódio (Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Arthur Lanci recebe um banho do parceiro Hevaldo no pódio 
(Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Alta  | Web 
Pódio da final masculina da etapa de Natal (RN) (Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Pódio da final masculina da etapa de Natal (RN) 
(Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Alta  | Web 
Final masculina do Circuito Brasileiro em Natal (Jobson Galdino/MPIX/CBV)

Final masculina do Circuito Brasileiro em Natal 
(Jobson Galdino/MPIX/CBV)

 

© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo