A partida entre Huracán e River, válida pelo Campeonato Argentino, que seria realizada as 20h15 (de Brasília) no estádio Tomás A. Duco foi suspensa por uma ameaça de bomba recebida uma hora antes da bola rolar.

Por conta disso, os jogadores Millonarios não conseguiram entrar no estádio e se encontram no ônibus aguardando por ordens do Comitê de Segurança. O estádio do Huracán foi evacuado e a realização da partida se encontra em cheque.

Há alguns instantes, a divisão antiexplosivos inspecionou o local para determinar o grau de perigo da situação.

A informação que chegou dos arredores do estádio é que a partida da Superliga Argentina ocorrerá a partir das 21h (de Brasília), mas não se descarta a probabilidade do jogos ser adiado por mais tempo.