Notícias

11/08/2017 17:04

Delegado diz que acusado de matar funcionário de companhia elétrica no Nortão pode estar escondido no Pará

(sonoticias)

O delegado Marcus Lyra disse em entrevista que o principal suspeito de assassinar o eletricista de distribuição da Energisa, Gilmar Francisco de Oliveira (foto), pode estar escondido no estado do Pará. Porém, preferiu não citar o nome da cidade. Oliveira foi atingido por um tiro na altura do tórax em uma residência, localizada em uma chácara nas proximidades de Paranaíta (391 quilômetros de Sinop), no último dia 24 do mês passado.

“Temos algumas informações e estamos verificando todas elas. Já houve apresentação de um possível advogado. Ele esteve na delegacia coletou algumas informações, mas não confirmou expressamente que era o representante legal do acusado. Ele continua foragido, mas temos algumas informações que ele possa estar no Pará. A vítima e o acusado eram bastante conhecidos e o crime foi uma surpresa muito grande no munício. A verdadeira motivação ainda estamos investigando. Ainda não sabemos se houve alguma discussão entre eles para depois ocorrer o crime”.

Gilmar foi morto com tiro no momento em que religava a energia de uma residência. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Uma espingarda calibre 12 foi localizada pela Polícia Civil em uma região de mata, nas proximidades do imóvel onde ocorreu o crime. As informações foram confirmadas pelo investigador Danilo Berseli, ao Só Notícias.

“Gilmar estava religando a energia do imóvel e foi surpreendido pelos disparos. As investigações apontam que ele havia cumprido uma determinação de corte da energia pela manhã. No período da tarde, ele voltou para religar e acabou sendo vitimado. Ontem, encontramos uma espingarda possivelmente utilizada pelo acusado para cometer o crime. Ela será encaminhada para perícia analisar se realmente foi utilizada no crime”.

Conforme já informado o corpo do eletricista foi velado na câmara de vereadores e foi sepultado no cemitério de Paranaíta. Gilmar era casado e tinha um filho. 


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo