Notcias

30/11/2017 11:20

Projetos jovens escritores destaque em Alta Floresta

Com já dizia alguns dos principais poetas brasileiros, dentre esses Castro Alves que é “Bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar”, ou Monteiro Lobato,  que deixou claro que "Um país se faz com homens e livros".

Mas, uma das frases marcantes da literatura e que mostra toda criatividade dos novos escritores foi deixada pelo poeta, escritor e crítico literário argentino Jorge Luis Borges, onde afirmou que o “livro é mesmo uma extensão da memória e da imaginação”.

Assim como o poeta argentino, que com 7 anos de idade já mostrava que seria um escritor e com 9 anos escreveu seu primeiro conto, “La Visera Fatal”, inspirado em um episódio da obra Dom Quixote, em Alta Floresta, dezenas de jovens já arriscam colocar suas idéias e imaginações em pratica e publicá-las.

O primeiro momento, foi realizado pelo Colégio Alta Floresta, localizado na perimetral Rogério Silva, que promoveu na quinta (29), uma noite de autógrafos com os alunos do ensino fundamental 1 (2º e 3º ano) onde cada um deles colocou as suas imaginações em prática e com o apoio dos professores da instituição e dos pais, as transformaram em belos livros.

Dos 65 escritores mirins, vale destacar o livro “A Casa Dourada” da aluna Maria Eduarda Dias de Freitas, que como diz uma das incentivadoras da jovem, até mesmo o nome já ajuda a ser uma grande escritora. Alem dela, Vitória Nossol com o livro “A Princesa que queria ser bailarina”.

Maria Duda com os pais o Engº Nelson Jones, Elen Cristina e o irmão Vitor 

A família Vaz, do campeão mundial Eskiva, também teve seu destaque com os pequenos escritores João Victor com o livro “Aventura na Floresta” e Pedro Henrique com o livro “A casa com dentes vermelhos”.

Vale destacar também a criatividade do jovem João Paulo, filho do educador físico Bilibio que publicou o livro “O piquenique dos amigos” e o jovem Felipe Corcino dos Santos, filho do assessor parlamentar Romildo Corcino, que publicou o livro “Jack, o caçador de gigantes”.

De acordo com informações, o Projeto Estante Mágica, oferecida pela editora, foi bem recebido onde as “Estrelas Literárias”, brilharam, nesse projeto, que apesar de piloto, deve ser realizado nos próximos anos e irá abranger outras séries.

Empresário Reginaldo e Michele Mauruto com os escritores Gian Lucca e Carlos Eduardo

“O Gosto de Ler, a Arte de Aprender”

O segundo momento, acontece no final de semana na escola estadual Cecilia Meireles, localizada no bairro Cidade Bela, que irá promover a sua 14ª edição da noite de autógrafos que irá marcar o lançamento de mais uma edição do projeto que incentiva a leitura, o Livro “O gosto de Ler, a Arte de Escrever”.

O evento acontece no sábado (2) tendo inicio as 19h30 e é aberto a comunidade altaflorestense.

Estande Mágica, um projeto oferecido pela editora, Estrela Literária, desenvolvido pela escola. Mirna Lange, Fabiana Teles de Oliveira, Juliana Alcântara e Franciele Gregório de Lima.

Confira mais algumas fotos da noite de autógrafos do Colégio Construindo o Saber

 


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
verso Normal Verso Normal Painel Administrativo Painel Administrativo