Notícias

12/03/2018 11:29

Gazeta Agro debate crescimento do setor agropecuário com presença de ministros

(GD)

Mato Grosso é líder brasileiro na produção de soja, milho algodão e girassol. Também é o maior produtor de carne bovina e possui o 5º maior rebanho suíno. Com todo esse mercado no setor agropecuário, o Gazeta Agro, evento realizado pelo Grupo Gazeta de Comunicação, discute, na manhã desta segunda-feira (12), que medidas serão adotadas para potencializar ainda mais esse crescimento.

Participam desse debate os ministros Blairo Maggi, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Henrique Meirelles, da Fazenda e José Sarney Filho, do Meio Ambiente, além de autoridades do Estado. O Gazeta Agro tem como objetivo ampliar o espaço de reflexão entre os profissionais que atuam no agronegócio.

O evento durará o dia inteiro, primeiro, com a explanação dos ministros e o debate entre eles e as entidades do setor, como a Aprosoja Brasil, da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), da Associação das Indústrias Exportadoras de Carne, entre outras, pela manhã.

A tarde, haverá outro debate com os representantes do setor, com a participação do secretário de Política Agrícola do Mapa Neri Geler, do secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda Fábio Kanczuk e do vice-presidente de Agronegócio do Banco do Brasil Tarcísio Hübner.  

Presidente do Grupo Gazeta abre o evento

Em sua fala de abertura, o presidente do Grupo Gazeta, João Dorileo Leal, destacou a trajetória da empresa na defesa do desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso. “Ao longo de 27 anos, temos pautado nosso trabalho nesse propósito”, disse, lembrando que a imprensa tem denunciado problemas e cobrado do governo melhorias no setor logístico, por exemplo.

Ele destacou a atuação do ministro Blairo Maggi na pasta da agricultura, dizendo que o mesmo honra a Mato Grosso com seu trabalho. Direcionando-se ao ministro do Meio Ambiente José Sarney Filho Dorileo afirmou a importância da sustentabilidade e da segurança jurídica no mercado mundial. Dorileo ainda apontou Mato Grosso como um estado onde os investimentos no setor agropecuário são certos.

Governador critica falta de suporte da União

O governador Pedro Taques destacou que Mato Grosso diminuiu em mais de 80% o desmatamento desde 2004. Segundo ele, o Estado tem aberto o debate sobre os temas do agronegócio e do meio ambiente com as mais diversas entidades nacionais e internacionais, na busca de um plano estratégico para 2030.

Ele falou sobre isso rebatendo o que classificou como “preconceito” que os produtores sofrem, fazendo menção a um pequeno grupo de pessoas que se manifestaram no início do evento. “A nós cabe, como Poder Executivo do Estado de Mato Grosso superar desafios para que possamos construir um novo futuro”, disse, destacando o trabalho desenvolvido no setor de logística, com mais de 2 mil quilômetros de estradas construídas nos últimos 3 anos.

Por outro lado, afirmou que a União não construiu sequer 100 metros de estrada nesse período e criticou que Mato Grosso ajuda muito a União, mas que a União também precisa ajudar mais o Estado, que contribui com 13% da balança comercial do Brasil. Em relação a isso, citou os senadores Cidinho Santos (PR) e José Medeiros (Podemos) criticando o fato do Senado não estar colaborando com o Estado no que tange à regulamentação da Lei Khandir.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo