Notícias

13/03/2018 10:29

Alta Floresta e Eschweiler assinam acordo de parceria para o desenvolvimento

(assessoria)

Na última semana, uma delegação da cidade de Eschweiler composta pelo vice-prefeito e chefe do departamento técnico, Hermann-Josef Gödde, pelo cônsul honorário Max Roland Krieger, por Stephan Misere do Departamento de Desenvolvimento Econômico, Imobiliário e Turismo, Eberhard Mathias Büttgen do Departamento de Planejamento, Rudolf Peter Mülher, editor do jornal Aechen, pelo interprete/tradutor, Jairo Monclair Martins, pelo italiano coordenador de Projetos Marco Contardi e assistida pela empresária alta florestense Rosilda Dalla Riva, esteve em missão em Alta Floresta visitando e conhecendo o potencial da região e, na última sexta-feira, 09, essa delegação esteve na prefeitura onde foi agraciada com o decreto de hóspedes oficiais do município.

Na ocasião o vice-prefeito de Eschweiler Hermann-Josef Gödde e o prefeito de Alta Floresta Asiel Bezerra, assinaram o Acordo de Cooperação sobre a Parceria para o Desenvolvimento entre as duas cidades.

O Acordo tem por objetivo o intercâmbio de conhecimentos e experiências sobre o desenvolvimento sustentável; desenvolvimento e implantação de projetos nas áreas de uso sustentável dos recursos, proteção ambiental e climática, energias renováveis, inclusão social e comercio équo e solidário; o desenvolvimento sustentável das relações econômicas em longo prazo; o intercâmbio social e cultural; o desenvolvimento de um conceito educacional para o desenvolvimento sustentável global.

Após assinatura do acordo de parceria entre as duas cidades, a comitiva de alemães, imprensa e convidados, conduzida pela secretária de desenvolvimento Elsa Lopes se dirigiram à Secretaria de Meio Ambiente onde o vice-prefeito de Eschweiler fez uma resenha de seu município destacando aspectos econômicos, localização (está no Centro da Europa e, como disse, mais ou menos como Alta Floresta está no centro do Brasil), sistema público, infraestrutura, grande incentivo ao esporte e à cultura, logística, indústrias, urbanização, sistema habitacional, político/administrativo, um crescimento significativo de energia eólica e meios de transportes para acesso a outras regiões, áreas abertas e áreas de conservação, dificuldades e avanços sofridos, como os buracos causados pela extração de carvão que hoje estão se transformando em pequenos lagos e o desmatamento que também é visível na região. Em contrapartida, hoje Eschweiler é um município rico em indústrias, destaques para as de carvão e metais e um índice de 9% de desempregados, assistidos pelo sistema público bem como os números da educação infantil, 33 jardins de infância com cerca de 100 crianças em cada um. Esses são apenas alguns itens da explanação sobre Eschweiler, feitas pelo vice-prefeito, finalizado que, assim como Alta Floresta, são grandes os desafios que “juntos teremos de vencer”.

“Essa vinda é pra nos conhecermos e ajudarmos uns aos outros, para que futuramente tenhamos grandes resultados”, disse o vice Hermann-Josef Gödde citando avanços obtidos em seu município que poderão ser compartilhados com Alta Floresta nos setores de energia, do lixo, da educação onde está a maior universidade do mundo, um forte ponto de engenharia em tecnologia, “queremos juntar essas pessoas especialistas de Alta Floresta e Eschweiler e esperamos que com o tempo possa sair dai grandes resultados”. Sobre Alta Floresta Josef Gödde disse ter se encantado com a recepção e com as pessoas, principalmente os agricultores, a simplicidade e a pujança naquilo e na forma que fazem. “Eu acredito nas pequenas coisas que são as mais importantes”.

O cônsul honorário Max Krieger que esteve em Alta Floresta em início de 2017, se mostrou novamente maravilhado com o que pode rever, o trabalho de organização nos projetos visitados que estão bem mais evoluídos.

Para o anfitrião prefeito Asiel Bezerra que em janeiro de 2017 acompanhado do diretor técnico do projeto Olhos D’água da Amazônia, José Alessandro Rodrigues e de Sérgio Passos, na época Secretário Adjunto de Indústria e Comércio, e  assistidos pelo italiano Marco Contardi, coordenador de projetos da FGV, também esteve em missão na Alemanha, em cidades como Eschweiler, Mohnheim, Nuremberg e Koln, com objetivos de trocar e discutir projetos de desenvolvimento sustentável, e obtendo do prefeito de Eschweiler, o interesse em retribuir a visita e firmar parcerias de interesses comuns, “Hoje pra nós é uma grande honra recebermos autoridades da Alemanha em nosso município, como fui muito recebido lá por eles estamos procurando dar a eles uma recepção à altura. Também estamos assinando um protocolo de intenções e troca de informações para melhorias, tanto de Alta Floresta quanto de Eschweiler. Quando lá estivemos mostramos o nosso potencial, os nossos rios as nossas florestas, agricultura, pecuária e agora a vinda deles aqui já é um resultado da nossa visita” disse o prefeito contente com a parceria firmada e acreditando em excelentes resultados futuros.

 

© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo