Notícias

13/04/2018 11:00

Juíza usa rede social em pleno expediente para xingar advogados de idiotas

(abroncapopular)

Em pleno horário de trabalho, em absoluto desamor ao princípio da moralidade exigido no âmbito da administração pública, a juíza Anna Paula Gomes Freitas, da 2ª Vara Criminal de Tangará da Serra, fez uso de uma mídia social para postar diversas mensagens de cunho debochado, injurioso e ofensivo aos advogados que atuam na Comarca.

A doutora Anna Paula é uma celebridade inebriada com a fama conquistada nas redes sociais.  Ela tem 3.485 seguidores em seu perfil no Instagram. Nada mal para uma magistrada!

Anna Freitas qualificou de idiotas algumas das perguntas formuladas por advogados em audiências na 2ª Vara Criminal. “Aquela satisfação quando da pergunta idiota vem uma resposta que é tudo que a defesa não queria ouvir”, escreveu a togada.

A não idiota magistrada pode indeferir perguntas inconvenientes, impertinentes e idiotas, somente não pode faltar com o respeito com o profissional responsável pela administração da justiça, conforme preceitua o Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei Nº 8.906/94)

A fala inapropriada da magistrada foi ilustrada com micagem que expressam impaciência e desrespeito aos profissionais da advocacia. “Aquela falta de paciência que vai dando quando a audiência é estressante e o advogado começa a fazer pergunta idiota!”, anotou a doutora.

Opinião – Aconselha-se a buliçosa e midiática magistrada ponderação e parcimônia no exercício da prestação jurisdicional – como convém a um juiz talhado para o exercício da nobre função de dizer o direito e contribuir para com a pacificação dos conflitos intersubjetivos.

É bem verdade que vivemos tempos confusos e instáveis sob a perspectiva da inobservância as leis e aos códigos, em que juízes celerados fazem da toga instrumento de militância política e, com base no direito arrancado da cloaca do capeta, atropelam advogados, aviltam investigados, esmagam garantias legais e fazem a justiça que lhes dão na telha.

É evidente que a atabalhoada e infeliz iniciativa da juíza Anna Paula Gomes Freitas não é o bastante para colocá-la no mesmo patamar de um Marcelo Bretas ou de qualquer outro togado que sentencia de olho nas likes.

A doutora Anna Paula é uma juíza técnica e juridicamente preparada  para ostentar a toga. As ofensas aos advogados e advogadas surgiram em um momento de ansiedade. A doutora tinha pressa para terminar a audiência. Era preciso alimentar o stories de seu perfil no Instagram.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo