Outros

09/03/2020 16:39

PSG e Borussia jogam com portões fechados por causa do coronavírus

(EBC)

A polícia de Paris anunciou nesta segunda (9) que a partida da próxima quarta entre PSG (França) e Borussia Dortmund (Alemanha), válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões e realizada no estádio Parque dos Príncipes, não contará com a presença de torcedores. A decisão foi tomada como forma de impedir o avanço do coronavírus no território francês.

Após o anúncio da polícia da capital francesa, o PSG publicou um comunicado em seu site no qual afirma que “o clube permanece totalmente mobilizado para organizar os jogos nas melhores condições possíveis”.

Além do jogo entre a equipe Neymar e o Borussia Dortmund, outros dois confrontos válidos pelas oitavas de final da principal competições de clubes da Europa também serão realizados com portões fechados por conta do aumento de casos de coronavírus no Velho Continente: Valencia x Atalanta e Juventus x Lyon.

Itália sem esporte até abril

Também nesta segunda, o Comitê Olímpico Italiano (Coni, na sigla em italiano) decidiu interromper todas as competições esportivas até o dia 3 de abril como forma de evitar a propagação do coronavírus.

Porém, a mesma entidade informou que, para cumprir esta decisão, é necessário que o Governo “emita um decreto ministerial específico”.

É importante salientar que as decisões do Coni não envolvem as competições internacionais, tanto para clubes quanto para seleções.

Euro 2020

Neste contexto crescem os rumores de que podem haver mudanças na edição 2020 da Eurocopa, edição festiva da competição que será realizada em 12 sedes diferentes. O jogo de abertura está programado para o dia 12 de junho no estádio Olímpico de Roma.

Ao ser questionada pela agência de notícias turca Anadolu sobre possíveis mudanças na programação da Eurocopa por conta do avanço do coronavírus, a Uefa (entidade que rege o futebol europeu) enviou a seguinte resposta por e-mail: “A Euro 2020 começará em 12 de junho de 2020 em Roma. No momento, não há necessidade de alterar nada no planejado. A questão será mantida sob constante escrutínio”.

Além disso, a entidade afirmou: “A Uefa leva muito a sério a situação relacionada ao coronavírus e está monitorando de perto a situação e está em contato com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades nacionais sobre o coronavírus e seu desenvolvimento”.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo