Parceiros

09/10/2018 15:12

Unemat e Famato assinam protocolo de intenções do Programa Senar Tec Horticultura

O vice-reitor da Unemat, Ariel Lopes, assinou com o presidente do Sistema Famato, Normando Corral, o Protocolo de Intenções do Programa Senar Tec Horticultura durante a cerimônia de abertura da 1ª Feira Estadual MT Horticultura, no dia 26 de setembro, no auditório da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), câmpus de Tangará da Serra.

O protocolo, que também foi assinado pelo presidente da comissão organizadora da feira, o professor da Unemat, Willian Krause, e pelo presidente do Sindicato Rural de Tangará da Serra, Vanderlei Reck Júnior, selou o compromisso de levar conhecimento e novas tecnologias ao produtor rural por meio de um programa de assistência técnica e gerencial. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) faz parte do Sistema da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), assim como os Sindicatos Rurais e o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

O projeto, que foi desenhado especificamente para Tangará da Serra e região, é o piloto do Senar Tec na área de Horticultura. Durante três anos, dois engenheiros agrônomos contratados pelo Senar acompanharão mensalmente 25 produtores de hortaliça e outros 25 de frutíferas que se inscreveram junto ao programa, que terá início em janeiro de 2019. Corral lembrou aos produtores rurais que o programa de assistência técnica e gerencial é gratuito para quem o recebe, mas é financiado pelo próprio setor produtivo. “O Senar recebe 0,02% da produção agrícola nacional. Nós estamos devolvendo uma parte ao produtor em forma de capacitação”, explicou o presidente.

Nesta parceria, o programa de extensão da Unemat, MT Horticultura, dará aos engenheiros todo o suporte técnico por meio das pesquisas desenvolvidas pela Universidade. Atualmente, o MT Horticultura oferece gratuitamente ao produtor rural serviços da Clínica de Doenças de Plantas na detecção de patógenos de diversas naturezas e na tomada de decisão sobre as medidas de controle a serem adotadas; da Clínica de Insetos na identificação dos insetos praga de culturas agrícolas e efetua as possíveis estratégias de controle; orientações técnicas que advém dos resultados do desenvolvimento e adaptação de tecnologias obtidas nas áreas de fruticultura, floricultura e olericultura; e, em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) do município de Tangará da Serra, distribui mudas de banana micropropagadas em laboratório, livres de pragas, doenças e com alto vigor.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo