Slideshow

25/06/2018 17:22

ESPIRITO ESPORTIVO - Jiu Jitsu altaflorestense é ouro no estadual

O Ginásio Poliesportivo do Aecim Tocantins em Cuiabá sediou no final de semana, domingo (24), a 2ª etapa do Campeonato Estadual de Jiu-Jitsu Esportivo. O evento que reuniu mais de 900 atletas de 30 municipios e Alta Floresta esteve presente.

O evento distribuiu, além de troféus, medalhas e títulos, uma boa premiação em dinheiro para os campeões na categoria absoluto, onde os vencedores nas faixas marrom e preta receberam R$ 1000. Para os faixas azul e roxa o prêmio foi de R$ 800 e para o faixa branca a premiação foi de R$ 600. Pela primeira vez, a competição teve também uma premiação para o absoluto feminino, sendo de R$ 700 para a vencedora das faixas azul a preta e R$ 500 para as faixas branca.

Esteve em disputa 8 categorias, sendo elas, a pré-mirim, mirim, infantil a e b, infanto-juvenil A e B, juvenil, adulto, máster e sênior.

O Mestre Ademir Otha, da Academia Gracie Barra de Alta Floresta, se disse bastante feliz com os resultados obtidos na competição, onde após duas lutas na categoria faixa preta, decidiu com o parceiro e atleta Marcos Vinicius, dedicando a vitória ao mesmo, deixando o parceiro levar a medalha de ouro e o titulo estadual, ficando ele com a prata e o vice-campeonato.

De acordo com Otha, é preciso saber a hora de quem nos ajuda a evoluir, crescer, ser humilde, dedicado e nada mais justo e maravilhoso do que proporcionar a uma amigo e atleta dedicado, um sorriso de felicidade de poder subir e dividir com os familiares tamanha alegria. “Tenho certeza que que Marcos Vinicius volta para casa com mais vontade ainda de dedicar aos treinamentos, e isso é muito importante”.

Otha agradeceu a todos os apoiadores, em especial a família, e abriu a portas para quem quiser conhecer o projeto social desenvolvido pela academia Gracie Barra de Alta Floresta que, segundo ele, mão forma apenas campeões, ma sim, grandes pais de família, bons e disciplinados filhos com educação impecável. “Acredito na arte marcial para revolucionar a educação e boa conduta, pois quem luta, não briga”, finalizou.

Lembrando que o campeonato contará ainda com mais três etapas, sendo elas em Campo Verde, Lucas do Rio Verde e Cuiabá.

"Acredito na arte marcial para revolucionar a educação e boa conduta, pois quem luta, não briga" - Ademir Otha


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo