Slideshow

28/03/2020 12:38

Restrições e resposta da CBF impede dirigentes de decidirem sobre retomada do Mato-grossense

(sonoticias)

O presidente do Sinop Futebol Clube, Agnaldo Turra disse, ao Só Notícias, que as restrições do decreto do governo do Estado, assim como a espera por uma resposta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), não permitem que os dirigentes tomem atitudes diferentes sobre a retomada o não do Campeonato Mato-grossense. “Até segunda ordem temos que aguardar. A Federação Mato-grossense de Futebol também espera um posicionamento da CBF, são muitas restrições”.

Turra afirmou ainda que isso acaba que “nem a FMF e nem os presidentes podem fazer algo de diferente além de esperar um posicionamento para tomarmos alguma definição mais concreta no que diz respeito aos clubes e também ao decorrer do Campeonato Estadual”.

Conforme Só Notícias já informou, o presidente do Galo do Norte apontou que a paralisação do certame, definida há mais de uma semana, já causou impactos financeiros na gestão do clube. “Já é perceptível, querendo ou não nas quartas de final teríamos umas 3 mil pessoas nas arquibancadas. Além disso, um patrocínio que era para vir de um novo parceiro foi cancelado por conta da suspensão”, expôs.

Ainda de acordo com o dirigente, a diretoria gastou mais de R$ 11 mil em passagens para os atletas que foram liberados. O presidente também destacou não acreditar no retorno do Estadual em 2020.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo