V˘lei

16/01/2015 13:29

Copa do Brasil feminina de v˘lei comeša nesta sexta-feira em Cuiabß

(GE)

Cuiabá sedia nesta sexta e sábado a fase final da Copa Banco do Brasil feminina de vôlei. O primeiro jogo será às 19h30, entre Rio de Janeiro e Pinheiros-SP, e depois, às 21h30, será o confronto entre Sesi-SP e Osasco-SP. Os vencedores se enfrentarão no sábado, às 19h. Todos os jogos serão disputados no Ginásio Poliesportivo do Colégio São Gonçalo, com transmissão ao vivo do SporTV. Os horários são de Brasília. 
Em busca da vaga na final, a líbero Fabi, do Rio de Janeiro, prevê um duelo equilibrado. Ele também convocou a população mato-grossense a comparecer ao estádio. A equipe carioca é a líder da Superliga feminina 14/15 e a equipe paulista, a quarta colocada na classificação.
- O time do Pinheiros vem de uma sequência de vitórias importantes na Superliga e isso empolga para a Copa do Brasil. É uma equipe que joga com muita velocidade e que tem uma boa base, que vem junto há um bom tempo, trocando poucas peças a cada temporada. Além disso, elas têm um sistema defensivo que funciona muito bem. Tenho certeza que vai ser um grande jogo, uma semifinal muito disputada e quem for ao ginásio de Cuiabá vai assistir um grande confronto, entre os times que estão brigando pelas primeiras posições na Superliga - relatou.
No Pinheiros, a aposta como líbero é a jovem Léia, que esteve na seleção brasileiro na temporada de 2014, como reserva de Camila Brait, que substituiu justamente a experiente Fabi no grupo comandado pelo técnico José Roberto Guimarães. 
- Sabemos que esse vai ser um jogo difícil, mas estamos bem preparadas e treinando bastante. Temos que ter paciência e muito volume de jogo. A Gabi e a Natália estão fazendo uma boa Superliga e o ataque do Rexona-Ades tem sido muito eficiente. Desta forma, nossa defesa terá que funcionar. Também vamos precisamos sacar bem e estabilizar o nosso passe para a Macris poder jogar com velocidade", disse Léia. 
Desafio
Outra novidade desta edição da Copa Brasil será a inserção do sistema de desafio, que gera o fim da polêmica nos lances duvidosos. Em caso de imprecisão de bola fora, as equipes poderão pedir para o segundo árbitro rever o lance no monitor e dar uma resposta precisa.

© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versŃo Normal VersŃo Normal Painel Administrativo Painel Administrativo