sábado, 13 abril, 2024
22.9 C
Alta Floresta

Fã que morreu em show de Taylor Swift estudava em Mato Grosso

Date:

Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos, que acabou falecendo, ontem, antes do show da cantora Taylor Swift no Rio de Janeiro, era acadêmica de psicologia na Universidade Federal de Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá). Segundo a prefeitura do Rio, Ana teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu após passar mal por causa do calor.

A produtora T4F publicou uma nota explicando o caso. “Na noite de ontem Ana Clara sentiu mal e foi prontamente atendida pela equipe de brigadistas e paramédicos, sendo encaminhada ao posto médico do estádio Nilton Santos para o protocolo de primeiros socorros. Diante do quadro, a equipe médica optou pela transferência ao hospital Salgado Filho, onde, após quase uma hora de atendimento emergencial, veio infelizmente a óbito”.

Nas redes sociais, Taylor confirmou a morte da fã e lamentou. “Não acredito que estou escrevendo essas palavras, mas é com o coração partido que digo que perdemos um fã hoje à noite, antes do meu show. Eu nem posso dizer para vocês o quanto eu estou arrasada por causa disso. Eu tenho poucas informações, além de que ela era incrivelmente bonita e muito jovem. Eu não vou ser capaz de falar sobre isso do palco, porque me sinto dominada pela dor quanto tento falar sobre isso. Quero dizer que agora sinto profundamente essa perda e meu coração partido está com sua família e amigos. Esta é a última coisa que eu nunca pensei que aconteceria quando nós decidimos trazer essa turnê ao Brasil”, escreveu a cantora.

A cantora americana está no Brasil para uma série de seis shows pela “The Eras Tour”. A primeira apresentação foi ontem no estádio Nilton Santos. Ana morava em Mato Grosso, mas era de Sonora no Mato Grosso do Sul.

A Universidade Federal de Rondonópolis comunicou pesar e decretou luto de três dias. “Em nome de toda comunidade acadêmica, a UFR lamenta profundamente o ocorrido e presta solidariedade aos amigos e familiares de Ana”.

A Atlética Valhalla no qual Ana Clara era diretora, também manifestou pesar. “Com profundo pesar que lamentamos a morte da nossa diretora, que partiu deixando um enorme vazio em nossos corações”, diz trecho da nota.

Prefeito lamenta morte de estagiária da rede municipal de educação

O prefeito de Rondonópolis José Carlos do Pátio e a primeira-dama Neuma de Moraes expressaram, em nota, “mais profundo pesar pela morte da jovem estudante de psicologia”. “Diante dessa irreparável e prematura perda, manifestamos as nossas condolências aos familiares, amigos e colegas de Ana Clara, e pedimos que Deus venha trazer conforto e consolo ao coração de todos nesse momento de tristeza e dor”, lamentou o chefe do poder executivo.

Ainda não foram repassadas informações com relação ao velório e sepultamento.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Colíder! PP apresenta time forte para a Câmara Municipal e busca vice na chapa de Maninho

O partido está trabalhando o nome do vereador Luciano...

OLIMPUS – Atleta de 14 anos do programa de bolsa do Governo de MT é convocado para Sul-Americano de Tênis

Além de representar o Brasil em competição na Bolívia,...

Equipe de Saúde Bucal participa de Ação Solidária

Foi realizado em Alta Floresta, no bairro Cidade Alta,...
Feito com muito 💜 por go7.com.br