domingo, 14 abril, 2024
21.8 C
Alta Floresta

Histórias feitas de estrelas

Date:

Tudo que vivemos são momentos únicos para nós, mas quando escrevo sobre meu filho, desejo que suas vivências se tornem experiências para contribuir na vida de mães e pais que têm filhos com síndromes raras e autismo. Pois com frequência temos dificuldade de aceitarmos o novo e perceber o quanto o diferente e as diferenças se compõem para transformar e evidenciar a beleza e a harmonia no mundo.

Admito minha pequenez de ser humano. Mesmo com meu filho a completar 21 anos, se pudesse ter um tête-à-tête com Deus, pediria a Ele coisas que diminuíssem as diferenças entre meu filho atípico e os outros ditos normais. Como qualquer outra mãe, tive sonhos futurísticos para ele.

Por outro lado, observo mães de filhos ditos normais que se alfabetizaram, foram para a faculdade e por algum motivo têm dificuldade para degustar a vida.  E precisam de temperos extras, como a droga e o álcool, ora para se integrarem, ora para se isolarem.

Em qualquer situação, é só quando aceitamos a colaboração do outro, que compreendemos a importância do coletivo para a aprendizagem e a ajuda verdadeira acontecerem.

Organizar um aniversário e lidar com a ansiedade de nossos filhos não é fácil. Pedro já tinha convidado todas as pessoas com quem ele convive. Levei dias a negociar onde fazer o aniversário. Até chegarmos ao consenso de que faríamos no Centro Paralímpico, com as crianças que fazem atividades no mesmo horário que ele.

E contei com a colaboração de muitas mãos, Cláudia, uma das madrinhas dele doou um bolo acompanhado de cupcakes, brigadeiros e beijinhos. Bernardete ajudou a fazer uma torta de frango que Pedro adora. Vera, que ele insistiu para que fosse, ajudou a servir. E o coordenador Emanoel e os outros professores organizaram o espaço. Tirando os moveis do lugar, enchendo balões, procurando a melhor forma de fazer a decoração, num processo de tentativa e erros e tarefas a refazer. Qual seria a melhor letra e cor para escrever no quadro. Com direito a pesquisa na internet.

É na colaboração e na coletividade que a aprendizagem acontece.  A humildade de saber ouvir e aceitar que a nossa ideia pode não ser a melhor, também é muito importante. Pois, quando concordamos com a melhor solução e trabalhos juntos para executá-la, os resultados são extraordinários.

O processo de organização foi muito bom. Mas a alegria das crianças ao participarem do aniversário foi incrível. Com algumas situações bem marcantes.

Pedro era contentamento puro, a decoração do bolo foi de Nossa Senhora Aparecida, então seu foco era a decoração.

Alex, estava tão à vontade com outras crianças. Mas, seus pais não viram.

Matheus era alegria genuína. Quando Pedro deu o primeiro pedaço de bolo para a professora Karina, ‘Pedro você não é meu amigo!’ Gargalhada geral. Mas houve, outro momento memorável dele ‘quero um pedaço de torta e de bolo para levar pra casa e o professor Emanoel também quer.’

É muito bom vê-los dizer o que querem e serem solidários com o outro. Ele fez isso ao incluir o professor no pedido. Todos nós já tivemos e temos vontade de pedir um pedacinho de bolo, para levar pra casa. Porém na maioria das vezes nos falta a coragem de formular o pedido.

No final, todos estávamos contentes, pois tínhamos alcançado o objetivo, Pedro ter um aniversário alegre e feliz.

Momentos de alegria para nossos filhos e sem nenhum julgamento é, vivenciar o paraíso na terra. Ao sermos mães e pais de filhos atípicos, já experimentamos momentos desconfortáveis, nas festas.

Portanto, a colaboração de pessoas que possam oferecer: ajuda verdadeira, com sensibilidade para aceitar o diferente e conviver com as diferenças, sem nenhum julgamento, é fundamental.

As vivências com Pedro Henrique são um constante aprender, mas com o tempo seriam esquecidas. Ao transformar em texto, elas viram experiências e histórias, a circularem e se eternizarem pelo mundo.

Meu filho, esse é meu presente.  histórias feitas de pequenos pedaços da sua vida. Para embelezar e brilhar na imaginação das pessoas, como as estrelas que acendem no céu, a beleza noturna.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Colíder! PP apresenta time forte para a Câmara Municipal e busca vice na chapa de Maninho

O partido está trabalhando o nome do vereador Luciano...

OLIMPUS – Atleta de 14 anos do programa de bolsa do Governo de MT é convocado para Sul-Americano de Tênis

Além de representar o Brasil em competição na Bolívia,...

Equipe de Saúde Bucal participa de Ação Solidária

Foi realizado em Alta Floresta, no bairro Cidade Alta,...
Feito com muito 💜 por go7.com.br