quinta-feira, 20 junho, 2024
17.6 C
Alta Floresta

Missão altaflorestense conhece centro de reciclagem de Colônia

Date:

(ascom)

Integrantes da missão altaflorestense em viagem à Alemanha conheceram o Centro de Reciclagem da cidade de Koln-Colônia. Foi o primeiro compromisso oficial da visita iniciada neste domingo (15). A missão ainda deve visitar Eschweiler, Mohnheim e Nuremberg para discutir e desenvolver projetos sobre desenvolvimento sustentável e inovação. A visita é resultado de um projeto de sustentabilidade corporativa implementado pela FGV Projetos em Alta Floresta para a multinacional energética ENEL Green Power. O projeto gerou múltiplas oportunidades de desenvolvimento sustentável.

A AGV é uma companhia especializada em eliminação de resíduos e reciclagem que desenvolveu na cidade de Koln a gestão do lixo urbano. O diferencial é que uma parte do lixo vai para a geração de energia elétrica, outra parte é vendida para as indústrias que necessitam de matéria prima para combustão. De outra parte é gerado adubo orgânico para comercialização. “O interessante que aqui todo o lixo é de interesse, que a legislação não permite que seja aproveitado apenas alguns itens do lixo, como latinhas de alumínio ou papelão, para ser comercializado, mesmo que seja em forma de cooperativas como no Brasil. O lixo é interessante como um todo, e não só o lixo orgânico. Existe toda uma estrutura na legislação local para a boa gestão do lixo”, opinou Jose Alesando Rodrigues, diretor técnico do projeto Olhos D’Água da Amazônia, que acompanha o prefeito Dr. Asiel Bezerra na Missão Alemanha. O Secretário Adjunto de Indústria e Comércio, Sérgio Passos, também integra a missão altaflorestense.

Os altaflorestenses, que estiveram acompanhados na visita por representantes do Centro de Reciclagem e por Marco Contardi e Kathrin Zeller, da FGV EUROPE, observaram uma estrutura de alto nível que permite separar os materiais que podem ser reciclados e os que vão virar material de combustão para energia. Além do centro de reciclagem, o grupo seguiu em comboio em outro local, distante cerca de 50 km, para conhecer o aterro sanitário que produz metano e onde parte do lixo é enterrada em camadas.

Nesta segunda-feira, 16, a missão visita a cidade de Eschweiler no Estado da Renânia do Norte-Vestefália, cujo objetivo é estabelecer uma parceria para troca de conhecimentos e desenvolvimento de projetos conjuntos nas áreas de uso sustentável dos recursos naturais, meio ambiente, energia, mudanças climáticas e desenvolvimento social.

Aproveitando a viagem, a comitiva liderada por Asiel Bezerra pretende visitar a Monsanto, que em meados de 2016 foi adquirida pela alemã Bayer, que atua no segmento farmacêutico e de produtos químicos. A norte-americana Monsanto, líder mundial dos herbicidas e engenharia genética de sementes, foi adquirida por 66 bilhões de dólares. Uma das propostas da Bayer/Monsanto é fomentar projetos sustentáveis e mudar a maneira como o mundo vê a Monsanto, agora com uma preocupação mais forte com o meio ambiente. “Nós vamos convidar os novos donos da Monsanto para que venham à Alta Floresta, conheçam a nossa realidade e que analisem, quem sabe, a possibilidade de construir a sede nacional na Monsanto. Eu sempre digo que Alta Floresta se transformará numa das mais importantes cidades de Mato Grosso e essa visita poderá gerar grandes negócios para o município”, aposta Asiel Bezerra.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Arraiá na Floresta será realizado neste fim de semana na Praça da Cultura

O Arraiá na Floresta será realizado neste fim de...

Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio acumulado em R$ 60 milhões

As seis dezenas do concurso 2.739 da Mega-Sena serão...

Piloto argentino de 9 anos morre após sofrer acidente no Autódromo de Interlagos

Segundo o SuperBike Brasil, Lorenzo estava internado no Hospital...

Na semifinal da Série A3, Ação aguarda confronto entre Coritiba e Vasco

Enquanto espera, o Tuiuiú Pantaneiro segue com os treinamentos...
Feito com muito 💜 por go7.com.br