quinta-feira, 23 maio, 2024
26.9 C
Alta Floresta

Policiais de Alta Floresta têm trabalho reconhecido com entrega de medalhas

Date:

Medalhas nas categorias prata e bronze homenagearam policiais que completaram 20 e 10 anos de serviços prestados à instituição

Valorizando e reconhecendo o trabalho dos servidores que se dedicam à instituição, a Polícia Civil de Mato Grosso homenageou investigadores e escrivães de Alta Floresta com a entrega de medalhas nas categorias prata e bronze, em evento realizado na tarde desta quarta-feira (20.03), no município.

Nove policiais foram agraciados com a honraria, sendo quatro agraciados com medalha de prata e cinco com medalhas de bronze. Outros quatro policiais receberam medalha honorífica pelos serviços prestados à Polícia Civil de Mato Grosso, totalizando 13 servidores homenageados no evento.

A cerimônia, realizada no auditório do Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Alta Floresta, contou com a presença da delegada-geral, Daniela Maidel, que durante a entrega das homenagens, destacou a importância da valorização dos policiais que dedicam anos de suas vidas à instituição, muitas vezes deixando a família de lado e colocando a própria vida em risco.

“Essa homenagem representa o respeito ao trabalho dos policiais e a consideração pela dedicação e pelo comprometimento nos anos de serviço prestado. Nós podemos pensar que esse agradecimento pode vir em investimentos em capacitação e treinamento, melhores condições de trabalho e equipamentos de segurança, porém esta medalha é a materialização do reconhecimento de uma instituição que os senhores ajudaram a construir”, destacou Maidel.

A delegada Regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles, destacou que o momento era de festa para prestigiar e prestar homenagens aos colegas mais antigos, honrando e agradecendo pela dedicação e empenho ao longo dos anos.

“Ser policial, como todos sabem, é um sacerdócio, não há dia, não há hora, devemos estar sempre prontos. É uma missão. Desempenhar nossas atribuições com comprometimento, envolvimento, entrega e responsabilidade por tantos anos é uma grande conquista, que merece ser reconhecida”, disse a Regional.

O prefeito de Alto Floresta, Valdemar Gamba parabenizou cada um dos policiais homenageados, assim como a atitude da Diretoria da Polícia Civil de vir até a cidade, casa dos nossos policiais, para entregar a homenagem na presença de seus familiares “Eu sempre tenho ressaltado que o trabalho dos policiais aqui na nossa região, no nosso município, é excepcional, então essa homenagem é a prova do serviço prestado”, destacou.

Homenageado com a medlha de prata, o investigador Ilvio Paulo Balsan também agradeceu a presença da diretoria na cidade e frisou a importância da família durante a trajetória na vida policial, especialmente neste momento de receber uma homenagem.

“É gratificante receber esse reconhecimento, esse cuidado por parte da Polícia Civil. Hoje é um momento de agradecer principalmente a nossa família que acompanha o nosso dia e sabe bem como é ser um investigador, escrivão ou delegado de polícia. Familiares que sorriem e sofrem conosco nas nossas vitórias e desafios”, ressaltou o investigador.

Reunião
Além da presença na entrega de medalhas, a delegada-geral Daniela Silveira Maidel, durante a tarde, se reuniu com os policiais da Regional de Alta Floresta para uma conversa, em que foram apresentados os atuais trabalhos da instituição, planejamento e perspectivas da Diretoria do que serão desenvolvidos nos próximos meses. “Foi um momento de estar mais próximo dos nossos policiais, mostrar o que está sendo feito, esclarecer dúvidas e também ouvir suas necessidades para construirmos uma Polícia Civil cada vez mais forte e unida”, disse Maidel.

Gestão de Pessoas
Pela manhã, os policiais da Regional participaram de um encontro com a equipe da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Polícia Civil, também em evento realizado no auditório da IFMT. No evento, foram apresentadas palestras aos policiais que abordaram temas como saúde física e psicológica dos servidores.

Durante a reunião, foram disponibilizados aos policiais diversos serviços de saúde como aferimento de pressão arterial, medição de glicemia, testes rápidos de algumas doenças, vacinas, além de orientações para que os policiais tenham uma melhor qualidade de vida.
Em conversa com os policiais, a coordenadora de Gestão de Pessoas, delegada Luciani Barros, lembrou que o maior bem da Polícia Civil são seus servidores e destacou as dificuldades vividas e os casos presenciados ao longo da profissão, que vão deixando marcas na mente.

“No nosso trabalho, dentro de uma delegacia, são diversas situações de violência que presenciamos todos os dias e que vamos carregando com a gente. É muito importante para nós, policiais, trabalharmos não só a nossa saúde física, como o nosso psicológico, para não levarmos as influências desses problemas para nossa vida pessoal”, ressaltou.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Nova Mutum realizará passeio ciclístico alusivo a Campanha Maio Amarelo

A Prefeitura de Nova Mutum, por meio da Secretaria...

Lutador sinopense vence por nocaute e conquista cinturão em evento de MMA

O morador de Sinop, Raí Douglas, conquistou o cinturão...

Papa reconhece segunda intercessão de beato que fez milagre em MS

O papa Francisco reconheceu, nesta quinta-feira (23/5), o segundo milagre do...

Idosos são resgatados em situação de maus-tratos em Carlinda

Um casal de idosos, de 90 e 85 anos,...
Feito com muito 💜 por go7.com.br