domingo, 26 maio, 2024
20.3 C
Alta Floresta

Beneficiária do Projeto Olimpus garante medalha de prata no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo

Date:

A conquista de Lissandra Maysa Campos totaliza as 11 medalhas no primeiro dia do Ibero, em Cuiabá

A atleta Lissandra Maysa Campos foi a primeira mato-grossense a garantir uma medalha no primeiro dia de competições do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, realizado nesta sexta-feira (10.05), em Cuiabá. A competição segue até domingo (12), com entrada franca para o público no Centro Olímpico de Treinamento (COT) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). 
 

“É uma energia inexplicável estar competindo em casa, com a minha família e meus amigos, e quem sempre torceu e está comigo em todos os momentos. Isso foi muito importante pra mim”, ressaltou a esportista de Nossa Senhora do Livramento, que recebe o incentivo do Projeto Olimpus, programa da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

“Quero parabenizar a todos os atletas que estarão presentes aqui durante esses dias. Desejo a todos uma grande competição e que o espírito olímpico que embala a todos aqueles que participam de competições esportivas, nas suas diversas modalidades, possa estar sempre presente. E que nós possamos sair daqui com grandes resultados e campeões que estarão presentes nas próximas Olimpíadas em Paris”, destacou o governador Mauro Mendes, acompanhado da primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, na cerimônia de abertura do evento realizada na noite desta sexta-feira. 


 

Com a marca de 6,53m no salto em distância, Lissandra está na corrida de pontos no ranking mundial por vaga olímpica. “A próxima meta é treinar, fazer esse índice olímpico (6,84m) para me garantir melhor no ranking e melhorar a posição para os Jogos de Paris 2024. De qualquer forma, já é inexplicavel tudo que estou vivendo esse ano, participar de um mundial e saber que estou próxima de viver as Olímpiadas não tem preço”. 

A atleta é uma das mato-grossenses que junto com Jânio Varjão (Barra do Garças) e Wendell Jerônimo (Pontes e Lacerda) representa o projeto Olimpus na competição.

“Estamos muito satisfeitos de trazer um evento desse porte para Mato Grosso. Tudo isso só foi possível porque nosso esporte, em geral, vem sendo atendido. Para nós é muito valioso dar a possibilidade desse protagonismo para os nossos atletas, de deixá-los ainda mais motivados para entregar no “quintal de casa” o altíssimo nível de atletismo que vem sendo feito em nosso Estado”, afirmou o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Jefferson Carvalho Neves. 

O Campeonato Ibero-Americano de Atletismo é uma competição da Associação Ibero-Americana de Atletismo (AIA), com realização da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e o Governo do Estado de Mato Grosso, com parcerias da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT), UFMT e SESI-MT.

“Essa competição já entra para a história como evento com maior número de inscritos de todos os tempos. Nós temos hoje 23 países em Mato Grosso e mais de 500 atletas. Agradeço ao Governo do Estado por acreditar nesse sonho e de trazê-lo para o Centro-Oeste em um evento dessa magnitude, obrigado por todo o apoio para que nós pudéssemos fazer essa entrega”, agradeceu o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Wlamir Motta Campos.

Estiveram presentes na abertura do evento o deputado estadual Beto Dois a Um, os secretários de Estado de Comunicação, Laice Souza, e de Cultura e Esporte, Jefferson Carvalho Neves, e o adjunto de Esporte, David Moura, o presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso, Tomires Lopes, e representantes da Confederação Brasileira de Atletismo, além dos atletas olímpicos Vicente Lenilson e Maurren Maggi. 

Seleção Brasileira

O Brasil, que possui a maior delegação do evento com 86 atletas (43 mulheres e 43 mulheres), somou 11 medalhas (4 de ouro, cinco de prata e duas de bronze) no primeiro dia de disputas do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, após a disputa de duas etapas nesta sexta-feira, com destaque para os campeões Felipe Bardi, nos 100 m rasos (11.14), Tatiane Raquel da Silva, nos 3.000 m com obstáculos e o revezamento 4×400 m. O quarto ouro veio da etapa da manhã, com Valdileia Martins no salto em altura.

Todas as medalhas do Brasil
Ouro (4)

Valdileia Martins – salto em altura (1,88 m)
Tatiane Raquel da Silva – 3000 metros com obstáculos (9.46.25)
Felipe Bardi dos Santos – 100 metros rasos (10.14)
Revezamento 4x 400 m (Vitor Hugo de Miranda, Maria Victoria Belo de Sena, Tiago Lemes da Silva e Leticia Nonato Lima) – 3.17.85

Prata (5)
Lissandra Maysa Campos – salto em distância (6,53 m, 0.7)
Darlan Romani – arremesso do peso (20,53 m)
Vitória Rosa – 100 m (11.23)
Simone Ponte Ferraz – 3.000 metros com barreiras (9.52.93
Altobeli Santos da Silva – 3.000 metros com obstáculos (8.37.13)

Bronze (2)
Eliane Martins – salto em distância (6,47 m)
Welington Silva Morais – arremesso do peso (20,51 m)

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Na véspera do sorteio, Marquinhos Xavier projeta Copa do Mundo

Sorteio dos grupos acontece neste domingo (26), às 13h...

CBFS anuncia cancelamento da 10ª Taça Brasil sub-17 feminina

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) anunciou o cancelamento...

CARLINDA: Grave Acidente na MT-320 Deixa Caminhonete Destruída

Carlinda, MT - Um grave acidente de trânsito foi...

Tiro de Guerra realiza formatura em comemoração aos 36 anos da unidade em Alta Floresta

O Tiro de Guerra 09-001 realizou, na noite de...
Feito com muito 💜 por go7.com.br