quarta-feira, 21 fevereiro, 2024
21.8 C
Alta Floresta

ENTRE NOVA MUTUM E LUCAS – Nova frente de duplicação da BR-163 trará mais R$ 650 milhões de investimentos para MT

Date:

A autorização dada pelo governador Mauro Mendes para contratação da empresa que vai executar o segundo pacote de duplicação da BR-163 vai injetar mais R$ 650 milhões de investimento na rodovia, dando continuidade à ampliação da capacidade, entre Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

O projeto, elaborado pela Concessionária e aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para pacote de obras, contempla a duplicação de mais 80 quilômetros da BR-163 e recuperação da pista já existente (do km 601 ao km 681), readequação de parâmetro de outros 8 quilômetros (do km 593 ao 601, na travessia urbana), construção de seis dispositivos, sendo três diamantes (viaduto) e três retornos em desnível, além de cinco retorno em nível e uma ponte sobre o rio dos Patos.

O investimento de R$ 650 milhões será custeado pela Nova Rota do Oeste. A contratação será na modalidade privada, coordenada pela Nova Rota do Oeste, e deve ser concluída ainda este ano. O início das obras está previsto para o primeiro semestre de 2024, com o encerramento do período chuvoso, com prazo de 24 meses para conclusão de todos os serviços.

Durante a solenidade de lançamento do edital para mais essa duplicação, o presidente do Conselho de Administração da Nova Rota do Oeste, Cidinho Santos, destacou que todo o empenho do Governo de Mato Grosso, por meio da MT Par, em resolver a situação da BR-163 trouxe infraestrutura, desenvolvimento e valorização para o Estado. Destacou ainda que foi destravado um dos principais gargalos logísticos de Mato Grosso.

O governador Mauro Mendes também lembrou as dificuldades envolvidas na antiga concessão da BR-163 e a falta de cumprimento do contrato, que previa a duplicação da rodovia até 2019.
A duplicação da BR-163 ficou paralisada por sete anos e, em menos de alguns meses após a troca de controle, foi retomada. A ordem de serviço para início das obras do primeiro pacote de ampliação de capacidade da rodovia (de Diamantino a Nova Mutum) ocorreu em 1º de julho de 2023, em Nova Mutum.

O diretor presidente da Nova Rota, Luciano Uchoa, reforçou que a Concessionária não medirá esforços para realizar todos os investimentos necessários para atender ao contrato de concessão, que prevê a transformação da BR-163 – um dos principais corredores logísticos da produção agrícola do país – em uma rodovia cada vez mais segura e com mobilidade para todos que a percorre.

“Em menos de seis meses já investimos mais de R$ 1 bilhão na BR-163. Os trabalhos para que a que essa rodovia seja uma referência começaram imediatamente com a troca de controle, com frentes de obras atuando na manutenção da rodovia, na sequência começou a duplicação do Posto Gil a Nova Mutum e agora estamos licitando a continuidade dessa duplicação, de Nova Mutum a Lucas do Rio Verde”, resumiu.

Ainda para este ano, a Nova Rota prevê a licitação de mais dois trechos de obras: readequação da travessia urbana de Sinop (BR-163) e duplicação da rodovia dos Imigrantes (BR-070, em Cuiabá).

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Presidente e diretores da FCDL/MT participam de reunião da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio de Bens e Serviços do Estado

Assessoria de Imprensa/FCDL/MT Na manhã desta quinta-feira (15.02), o presidente...

Entrega da premiação da Campanha Ano Novo Vida Nova será nesta terça-feira

Assessoria de Imprensa/CDL Alta Floresta A CDL Alta Floresta realizará...

ITIQUIRA – Ex-prefeito e outros seis requeridos são condenados por improbidade

O ex-prefeito de Itiquira (a 357km de Cuiabá) Ernani...

Empresa instala ecoponto em cumprimento a TAC com Ministério Público

Em cumprimento a um Termo de Ajustamento de Conduta...
Feito com muito 💜 por go7.com.br