domingo, 23 junho, 2024
20.4 C
Alta Floresta

Golpista se passa por médico para tirar dinheiro da família de paciente hospitalizado em Alta Floresta

Date:

Homem se passou por médico do Hospital  para aplicar golpe e mais de 5 mil em família de paciente internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Alta Floresta.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima relatou que estava na Assistência Social em Sinop quando por volta das 09h da manhã da última quinta feira (6) recebeu uma ligação de um homem que se dizia médico do hospital em Alta Floresta.

O golpista na ligação disse que queria falar com a mãe da vítima a respeito de uma paciente (avó), que estava internada na UTI. O homem disse que a avó da vítima necessitava realizar duas tomografias computadorizadas e que esses procedimentos ficariam no valor de R$ 3.280,00 e que havia ainda mais medicações que ficariam no valor de R$840,00.

Mais tarde, recebeu nova ligação do suposto médico que pediu mais R$ 840,00 (oitocentos e quarenta reais) para novas medicações. A vítima relatou que o suposto médico disse que precisava desses exames com urgência pois a avó da vítima estava com uma hemorragia no fígado e não aguentaria esperar pelos exames do SUS, porque só haveria vaga na quarta-feira, 12 de junho. 

A vítima relata ainda que fez as transferências via pix e por volta das 14h00 do mesmo dia, o suposto médico novamente ligou para a vítima e pediu mais uma quantia de R$ 1.050,00 (mil e cinquenta reais), para fazer um novo exame (endoscopia múltipla avançada) e a vítima novamente fez a transferência via pix. O valor total de todas as transferências foi de R$ 5.930,00 (cinco mil novecentos e trinta reais).

A mulher relatou que ligou para uma assistente social em Alta Floresta e disse que havia feito essas transferências, mas a assistente social nada comentou. Após, se deslocou de Sinop para Alta Floresta juntamente com sua mãe para verificarem a situação da avó e na casa de apoio onde estão acolhidas ouviu comentários de pessoas que haviam sofrido golpes semelhantes.

Então desconfiou da situação e domingo (9), foi até o hospital e perguntou se havia um “Dr. Antônio” cardiologista e um funcionário da recepção e uma enfermeira falaram para a vítima que não havia um médico com esse nome no referido hospital, então a mulher percebeu que havia caído em um golpe.

Após checagem no sistema SIOSP-GEO foi localizada essa pessoa no sistema. O caso foi registrado e encaminhado à Polícia Civil

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Prefeitos recebem Ônibus e assinam convênios para Educação

Em evento realizado no Palácio Paiaguás o Governador Mauro...

Bola rola pelas semifinais da Copa 50tinha do Araras no final de semana

Terá início nesse sábado (22) a primeira rodada válida...

Moto Clube Roda Presa de Alta Floresta é declarada de Utilidade Pública

Moto Clube agora é reconhecida de Utilidade Pública. Confira Através...

Resenha VM de Diamantino é destaque na Copa Santa Luzia em Sapezal

No último final de semana, 14 a 16 junho,...
Feito com muito 💜 por go7.com.br