terça-feira, 25 junho, 2024
21.1 C
Alta Floresta

Leonardo Oliveira pode ocupar secretaria de Taques e não descarta disputa em 2018

Date:

(circuitomt)

O vereador Leonardo Oliveira (PSB), candidato a vice de Wilson Santos (PSDB) nas eleições 2016, é um dos cotados para assumir cargo no governo de Pedro Taques (PSDB) a partir de 2017, dentro da reforma administrativa iniciada no fim do primeiro semestre deste ano. Segundo ele, a Secretaria adjunta de Esporte é cogitada como a mais provável para ser assumida.

“Assim como o [deputado estadual] Max Russi vai assumir a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), outros nomes são articulados pelo partido junto ao governador Pedro para que o PSB ocupe cargo. O governador já me pediu para que assuma a Secretaria adjunta de Esportes, mas há outros nomes dentro do partido muito fortes que podem colaborar muito com o governo. É algo que estamos discutindo”, disse.

O vereador afirmou que o governador Taques disponibilizou duas secretarias e outros cargos adjuntos ao PSB para gestão a partir de 2017. No entanto, Oliveira disse ser cedo para anunciar quais são os cargos.

Além de seu nome, o vereador apontou o do vereador eleito Gilberto Figueiredo como outro representante da sigla para ocupar cargo na gestão de Taques. O deputado estadual Maxi Russi (PSB),que já foi anunciado para a Setas deve assumir o cargo a partir de janeiro no lugar do atual secretário Valdiney Arruda, que planeja voltar para posto no Ministério do Trabalho e Emprego.

Vida normal, por enquanto

Representante do governo do prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), na Câmara de Vereadores por três anos, Leonardo Oliveira disse que irá voltar à “vida normal”  de advogado após entregar o cargo.

“Vou voltar para a vida de escritório. De onde eu saí para assumir o cargo de vereador. Mas, quem nasceu pra política, não deixa nunca a vida pública de lado. Eu fui talvez o vereador com maior tempo de representação do governo durante seu mandato. Fiquei três dos quatro anos como líder do Mauro. Então vou continuar participando da vida política pelo meu partido, fiscalizando os serviços em Cuiabá”.

Questionado sobre a intenção de concorrer a novo cargo eletivo em 2018, Oliveira disse que não irá descartar a oportunidade de disputar cargos de deputados, estadual e federal, ou até mesmo de senador.

“Mas, ainda é muito cedo para falar disso. Teremos que discutir isso internamente no partido para ver se Mauro vai concorrer a senador ou a outro cargo em 2018 para decidirmos como vou me apresentar”.

O prefeito Mauro Mendes, que decidiu em cima de hora de sua campanha de releeição à Prefeitura de Cuiabá, justificou sua decisão por questões familiares. No entanto, gerou a especulação de se o recuo representa preparação para concorrer nas eleições de 2018, tendo apoio do governador Pedro Taques como a principal força para tentar ocupar cadeira no Palácio Paiaguás. O prefeito também nega a intenção.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Autódromo de Campo Grande será palco da 4ª etapa da Fórmula Truck

A 4ª etapa da Fórmula Truck 2024 passa por...

Frente fria: temperaturas despencam e podem chegar a 13°C em MS

Na sexta-feira (28), os termômetros ainda marcam altas temperaturas,...

UFMT contraria Governo Federal e vota pela continuação da greve

A UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) optou por...

Lançado edital para construção da Praça da Juventude em Alta Floresta

A comunidade da grande Cidade Alta já pode comemorar....
Feito com muito 💜 por go7.com.br