sábado, 20 abril, 2024
24.5 C
Alta Floresta

Após desistência, especialistas comentam sobre saúde mental de Vanessa Lopes, ex-participante do BBB24

Date:

Na última sexta-feira (19), a participante do camarote do Big Brother Brasil 24, Vanessa Lopes, apertou o botão de desistência e foi desclassificada do reality show. Irritabilidade, inquietação, dificuldade de concentração, sensação de isolamento social, surtos e teorias da conspiração foram alguns sentimentos e atitudes expressados pela sister.

A psicóloga clínica Simone H. Mateus (CRP 06/174903), da Clínica Mundo Neuropsi, explica que o surto psicótico pode ser definido como um estado de desorganização da representação da realidade, desencadeando comportamentos de perda da realidade. Paranoia, alucinações, delírios, confusão mental, perda da noção do tempo e espaço, desorganização do pensamento são alguns dos sintomas.

A especialista também afirma que o diagnóstico é obtido apenas por um médico psiquiatra, no entanto, a intervenção precoce é importante e fundamental para retardar o avanço dos episódios psicóticos. Fármacos entram como incisivos na reintegração do paciente, junto de abordagens psicoterapêuticas e auxílio familiar.

Do ponto de vista de Claudia Marchi, terapeuta comportamental e neuropsicóloga da Clínica Mundo Neuropsi “O que aconteceu com a Vanessa pode acontecer com qualquer um de nós em situação de extrema vulnerabilidade e estresse”.

A sister chegou a recorrer ao atendimento psicológico oferecido pelo reality, mesmo assim, apertou o botão e foi desclassificada do BBB24. A especialista completou dizendo: “O BBB é um jogo de estratégia, de manejo social, de análise, com várias provas. É ‘aquilo’, tem entretenimento, mas tem treta, tem desafios e tem vida. É um jogo psicológico”.

Para completar, Claudia explicou que é importante cuidar de si para que a saúde mental seja fortalecida a cada dia. Para isso, vários recursos podem ser utilizados, como a terapia. Dessa forma, a inteligência emocional é adquirida, a pessoa aprende a regular as próprias emoções e consegue ser resiliente diante de situações estressantes e desafiadoras.

Além disso, o ambiente de convivência influencia na saúde mental. Por isso, o indicado pela especialista é ficar alerta sobre os lugares frequentados e as pessoas com quem convive também.

 

Por fim, Claudia alerta para nunca acreditar fielmente em tudo que sua mente diz, sem antes questionar se isso está de acordo com a realidade, pois os pensamentos podem estar contaminados por distorções cognitivas. 

Serviço: https://mundoneuropsi.com.br/

https://www.instagram.com/mundo.neuropsi/

 

Fonte – Mengucci Imprensa e Mídia

 

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Brasil fica com 2 bronzes Internacional de Parabadminton Espanha

Vitor Tavares perdeu nas semis do simples do Internacional...

Arthur Nory é bronze em Doha, mas não consegue vaga olímpica

O brasileiro Arthur Nory conquistou a medalha de bronze...

LEIS DE MATO GROSSO – STF valida cadastro de pedófilos e condenados por violência contra a mulher

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), por unanimidade,...

Via Brasil BR-163 – Programação Semanal de Obras na BR-163 e BR-230

Semana de 15/04/2024 a 20/04/2024 - Via Brasil BR-163, empresa...
Feito com muito 💜 por go7.com.br