quarta-feira, 21 fevereiro, 2024
30.9 C
Alta Floresta

Atletas paraolímpicos de Lucas do Rio Verde se preparam para competição nacional

Date:

As três atletas competirão em várias modalidades nas Paraolimpíadas Escolares
A atleta Vitória Cristina, de 17 anos, treina na escolinha de atletismo do programa Viva Lucas desde 2021, quando as aulas tiveram início. Desde então, ela tem conquistado bons resultados com muito treino e dedicação. A jovem luverdense está ansiosa para participar de mais uma disputa. “Desde o primeiro dia que iniciei no esporte me apaixonei e não quero mais parar. Eu pretendo seguir este caminho, competindo”, acrescenta a atleta.

Além de Vitória Cristina, Ewellyn Vitória, de 14 anos, e Maria Clara Coelho Anton, de 12 anos, também fazem parte da equipe, que treinam duas vezes por semana e se preparam para participar da fase nacional das Paralimpíadas Escolares.

Elas viajam nos próximos dias, acompanhadas pela professora Luciana Stefanello, para participar da competição que acontece em São Paulo, de 27 de novembro a 02 de dezembro. As estudantes competirão nas seguintes modalidades: Arremesso de Peso, Lançamento de Dardo e Lançamento de Disco, Corrida de 75 metros e 250 metros e ainda, Lançamento de Club.

De acordo com Luciana, a Paralimpíada Escolar é o maior evento destinado para jovens em idade escolar com algum tipo de deficiência (física, visual ou intelectual), com o objetivo de fomentar e estimular os estudantes com algum tipo de deficiência na prática de atividades esportivas. O evento reunirá aproximadamente 2.500 alunos de todos os estados brasileiros.

“O esporte paraolímpico é tido hoje como esporte de show. Tanto no paraolímpico como o olímpico eles se preparam, treinam e chegam para a competição dando show, quebrando recordes. Um espetáculo mesmo que é o que todo mundo espera no esporte”, salienta Luciana.

Lucas do Rio Verde, na competição, se junta à delegação de Mato Grosso que é composta por mais de 30 atletas nas diversas modalidades: Atletismo, Natação, Bocha, Tênis de Mesa, Parabadminton, Halterofilismo, Goalball e Tênis de Cadeira de Rodas. 

A intenção da Secretaria de Esporte e Lazer, por meio do Programa Viva Lucas é ampliar o atendimento à estudantes com deficiência para 2024. “O esporte é para todos e estamos tendo uma boa representatividade com essas jovens meninas. A gente quer ampliar, temos o atletismo e agora temos o tênis paralímpico, então essa inclusão é muito importante”, observa Jessica Cristiani, coordenadora das escolinhas esportivas do Programa Viva Lucas.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Santa Maria estréia com vitória na rodada de abertura da Copa 60tinha

Dois jogos movimentaram a rodada de abertura da 3ª...

Fiscalização Ambiental multa proprietário de animal que atacou criança em Nova Mutum

No sábado, dia 10 de fevereiro, um incidente envolvendo...

Gestores esportivos do Nortão conhecem o “Sorriso + Esporte”

Levar a experiência de Sorriso no esporte. Compartilhar. E...

Copa Batom em Alta Floresta estão com inscrições abertas

A edição 2024 da Copa Batom de Futsal está...
Feito com muito 💜 por go7.com.br