domingo, 26 maio, 2024
22.1 C
Alta Floresta

Copinha: Prefeitura desiste de pagar hotéis para times e FPF cobra solução

Date:

(uol)

A Prefeitura de São Paulo desistiu de contratar hotéis para os times que participarão da Copa São Paulo de juniores de 2017 na capital e voltou atrás no Termo de Compromisso assinado com a FPF (Federação Paulista de Futebol) para apoiar a realização da competição, a maior e mais tradicional das categorias de base no Brasil. A federação, por sua vez, não concorda com o rompimento do acordo e cobra uma solução da administração municipal.

Com o impasse os times juniores do Goiás (GO), Figueirense (SC), Sete de Setembro (AL), Corissabá (PI) e Pérolas Negras (time formado por refugiados no Haiti que tem sede no Rio de Janeiro) ainda não têm onde hospedar-se. A Copa São Paulo acontece do dia 2 ao dia 26 de janeiro. Na edição deste ano tem 120 times distribuídos em 30 grupos com quatro times cada. A competição acontece em 29 cidades-sede do estado de SP, entre elas a capital.

A decisão da Prefeitura de cancelar a contratação, que incluía também refeições, lavanderia, transporte e outros serviços para as delegações, veio depois do UOL revelar uma suspeita de fraude na licitação que definiu os dois hotéis vencedores: o portal foi informado, cinco dias antes do resultado do certame, quais seriam os ganhadores, assim como o preço aproximado que teria sido combinado entre eles em espécie de cartel. Os hotéis e o preço da contratação foram conhecidos oficialmente na terça-feira passada (14). O valor acertado era 666% mais caro do que foi pago pela prefeitura pelo mesmo serviço no início deste ano.

Os hotéis San Raphael e Excelsior, ambos no Centro de São Paulo, sagraram-se vencedores da licitação — que estava em fase de habilitação até ser suspensa pela suspeita comunicada à Prefeitura pelo UOL. O valor total, para os dois lotes era de R$ 1 milhão. Para prestar o mesmo serviço no início deste ano o Excelsior, que na licitação passada ganhou os dois lotes sozinho, cobrou R$ 149 mil.

Na ocasião, o secretário de Comunicação de São Paulo, Nunzio Briguglio Filho, afirmou que a homologação dos hotéis vencedores do certame sob suspeita estava suspensa até que a Prefeitura apurasse se houve alguma irregularidade ou não. Na sexta-feira (16), porém, foi publicado no Diário Oficial da capital a revogação completa da licitação em função das suspeitas de fraude levantadas pelo UOL. O aviso de revogação traz ainda a informação de que, dado o impasse, seria impossível contratar os serviços a tempo do início da Copinha.

Federação não reconhece recuo e exige cumprimento de acordo

“Não haverá abertura de novo certame licitatório nem contratação emergencial”, confirmou em nota enviada à reportagem nesta segunda-feira (19) a assessoria de imprensa da prefeitura da capital. “As empresas foram inabilitadas, e o pregão cancelado”, afirma a Prefeitura. “

UOL registrou em cartório quem seriam vencedores de licitação: contratações foram canceladas.

UOL registrou em cartório quem seriam vencedores de licitação: contratações foram canceladas

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Na véspera do sorteio, Marquinhos Xavier projeta Copa do Mundo

Sorteio dos grupos acontece neste domingo (26), às 13h...

CBFS anuncia cancelamento da 10ª Taça Brasil sub-17 feminina

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) anunciou o cancelamento...

CARLINDA: Grave Acidente na MT-320 Deixa Caminhonete Destruída

Carlinda, MT - Um grave acidente de trânsito foi...

Tiro de Guerra realiza formatura em comemoração aos 36 anos da unidade em Alta Floresta

O Tiro de Guerra 09-001 realizou, na noite de...
Feito com muito 💜 por go7.com.br