sexta-feira, 24 maio, 2024
35.9 C
Alta Floresta

Assinada ordem de serviço para ampliação da Câmara de Vereadores

Date:

O presidente da Câmara de Vereadores de Alta Floresta, Oslen Dias dos Santos – Tuti (PSDB), assinou na manhã de sexta-feira (24) a ordem de serviço para início das obras de ampliação do prédio do Poder Legislativo. A cerimônia aconteceu no Plenário Vereador Arnaldo Corcino da Rocha e contou com a presença do empresário Guilherme Luiz Aimi, proprietário da empresa que vai executar as obras, vereadores, imprensa, Fernandes Engenheiro e servidores da casa.

Para executar a obra, a Câmara Municipal realizou a licitação na modalidade Concorrência Eletrônica seguindo a nova lei de licitações. O processo foi publicado no dia 4 de setembro e homologado no dia 17 de novembro. Com ampla divulgação no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT, no Portal Nacional de Contratações Pública (PNCP), no site da Câmara e por meio da imprensa, o certame contou com a participação de quatro empresas. A empresa vencedora foi G.L.A. Construções, que terá um prazo de 240 dias para a execução da obra.

A Câmara Municipal vai investir R$ 2.383.313,38 na construção de um piso superior com 642,89 metros quadrados, além da reforma de dois gabinetes, sala de informática e cozinha na parte inferior.

O presidente Oslen Dias dos Santos – Tuti (PSDB), destacou a importância da obra e as melhorias principalmente no atendimento da população.

“Hoje é um momento histórico para a Câmara de Vereadores de Alta Floresta. Vamos realizar o sonho de todos aqui, principalmente dos servidores concursados, dos vereadores e dos funcionários contratados, que é a construção do piso superior. Vamos dar qualidade, conforto para o atendimento da nossa população, com um prédio novo, bonito, no centro da cidade”, disse.

O presidente ressaltou que o processo licitatório para a contratação da empresa foi realizado seguindo as definições da nova lei de licitações. De acordo com o contrato, a empresa terá um prazo de 8 meses para executar a construção.

“É o primeiro do município que a gente fez para dar continuidade, a lei mudou, tem mais critérios, mas é uma lei que dá realmente segurança jurídica no processo”, frisou.

Para o vice-presidente, Claudinei de Souza Jesus (MDB) com a ampliação o Poder Legislativo terá melhores condições de atender a população e principalmente uma estrutura adequada para atender mais dois gabinetes, já que a partir de 2025 a Câmara será composta por 15 vereadores.

“Com essa obra nós queremos primeiramente atender melhor a nossa população, dar conforto melhor para o nosso povo e para que a gente possa ter aqui uma estrutura suficiente para atender esse pessoal. Na próxima legislatura teremos mais duas vagas. Então, parabéns toda a nossa diretoria, parabéns a comissão que organizou esse processo licitatório”, disse.

Bernardo Patrício

“Esta obra será um marco no município, uma obra muito bonita que vai ser construída aqui, parabenizar essa mesa diretora na pessoa do nosso presidente Tuti e dizer que a Câmara de Alta Floresta está no caminho certo e trabalhando com seriedade, honestidade e fazendo o seu trabalho com muita transparência. É o dinheiro do povo investido para o povo, para atender melhor o povo”, ressaltou.

 O segundo-secretário, Francisco Ailton dos Santos,

“Parabenizar o presidente Tuti, toda equipe da mesa, por uma obra tão importante para atender a nossa população. Então, esta obra vai proporcionar mais qualidade de trabalho para os nossos funcionários e principalmente de atendimento ao público”, enalteceu.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Complexo Arena Pantanal recebe série D do Brasileirão e Estadual de Jiu-Jitsu Esportivo

A Arena Pantanal e o ginásio Aecim Tocantins, em...

IMPACTO ECONÔMICO – “Obras do Governo de MT geram mais de mil empregos em Nova Bandeirantes”, afirma prefeito

Prefeito César Périgo afirmou que município vive um antes...

Enem 2024: inscrições começam na próxima segunda-feira

Na próxima segunda-feira (27), serão abertas as inscrições para...

Suspeito por desvio de R$ 6 milhões, presidente da Federação de Futebol de MS pode ser banido; entenda o caso

Por Isabelly Melo e Renata Barros, ge MS Francisco Cezário...
Feito com muito 💜 por go7.com.br