quinta-feira, 20 junho, 2024
17.6 C
Alta Floresta

Gabriel Boza comemora melhor início de temporada no Desafio CBAt

Date:

O saltador fez 7,98 m e ficou feliz com sua qualificação para o Sul-Americano de Cochabamba, na Bolívia, que será em 27 e 28 de janeiro, mas como a maioria dos atletas avisa que o seu foco em 2024 está no índice olímpico para os Jogos de Paris

Bragança Paulista – O Desafio CBAt Loterias Caixa abriu as competições de 2024 nesta quarta-feira (10/1) e foi realizado para proporcionar aos atletas a oportunidade de conseguir marcas para a convocação ao Campeonato Sul-Americano Indoor de Cochabamba, na Bolívia, em 27 e 28 de janeiro. No Centro Nacional Loterias Caixa de Desenvolvimento do Atletismo, na cidade de Bragança Paulista (SP), o paranaense Gabriel Boza, de 20 anos, foi um dos destaques da competição no salto em distância – prova realizada na pista indoor.

Gabriel (APA-SP) venceu o slto em distância com 7,98 m (-0.4) e comemorou sua qualificação para o Sul-Americano de Cochabamba. Lucas Marcelino dos Santos (EC Pinheiros-SP) foi segundo colocado (7,80 m, 0.1) e Samory Uiki (Sogipa-RS) o terceiro (7,52 m, -0.4).

“É a minha melhor abertura de temporada. Eu vou para o Sul-Americano, mas o meu alvo este ano são os Jogos Olímpicos de Paris. Tenho salto na perna para fazer o índice olímpico, é uma questão de ajuste”, disse Gabriel. A marca que ele busca é 8,27 m – sua melhor marca é 8,04 com vento válido. “Já saltei 8,17 m com vento acima do permitido e já saltei o índice em treino. Sei que é uma questão de ajustes. Vou pensar na Olimpíada.” Gabriel está treinando em São José dos Pinhais, Paraná, sua cidade Natal. “É bom estar perto da família”, disse, enquanto espera pela conclusão da reforma da pista de Presidente Prudente, São Paulo. “Agora a previsão é fevereiro.”

Para o Sul-Americano Indoor, serão convocados no máximo dois atletas por prova (dentre os seis primeiros colocados do Ranking Sul-Americano combinado no período de 6 de julho de 2023 a 10 janeiro de 2024); em caso de desistências, só será convocado o atleta que estiver até a terceira posição do Ranking Brasileiro combinado, no mesmo período; e os revezamentos 4×400 m serão compostos conforme disponibilidade de atletas classificados nas provas individuais.

O Ranking Brasileiro Combinado consiste na combinação dos Rankings Indoor e Outdoor. No caso de provas equivalentes que possuem distâncias diferentes na versão indoor e outdoor (60 m com barreiras/110 m masculino e 100 m com barreiras feminino, 60 m/100 m, 3.000 m/5.000 m) será considerado o resultado com a maior pontuação.

Fernando Ferreira (2,15 m) e Thiago Moura (2,10 m) comemoraram a qualificação para o Sul-Americano no salto em altura. “Ainda está muito no começo do ano, voltei a saltar no sábado. Estou fazendo uma preparação para o Sul-Americano, mas claro que meu foco é cem por cento nos Jogos Olímpicos”, disse Thiago Moura (Projeto Atletismo Campeão-PE). Fernando (IEMA-SP) disse também que só fez dois treinos de salto este ano, mas quer o título sul-americano indoor em Cochabamba onde foi campeão em 2020, com 2,25 m. “É um estádio muito legal o da Bolívia e estou animado.”

Vinícius Rocha Moraes (ASPMP-SP) venceu os 60 m rasos com 6.64 – “o melhor tiro da vida”, comentou, mas não o suficiente para alcançar o índice, de 6.58 para o Mundial Indoor de Glasgow, na Escócia, que será realizado de 1 a 3 de março. “Vim com a intenção de fazer o índice, mas fiz a melhor marca da minha vida nos 60 m e isso significa que os meus 100 m também estão bom”, comentou. Lara Beatriz Morais da Silva (UCA-SC) venceu os 60 m feminino com 7.55.

O Brasil é bicampeão sul-americano indoor. Em 2022 conquistou 16 medalhas de ouro, com dois recordes no Continente – Darlan Romani, no arremesso de peso (21,71 m) e Rafael Pereira, nos 60 m com barreiras (7.58) -, 10 medalhas de prata e 10 de bronze. Em 2020, o Brasil levou 16 medalhas (9 de ouro, 3 de prata e 4 de bronze).

O Grupo Prevent Senior patrocina o atletismo brasileiro, oferece medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Piloto argentino de 9 anos morre após sofrer acidente no Autódromo de Interlagos

Segundo o SuperBike Brasil, Lorenzo estava internado no Hospital...

Na semifinal da Série A3, Ação aguarda confronto entre Coritiba e Vasco

Enquanto espera, o Tuiuiú Pantaneiro segue com os treinamentos...

ETAPA TERRA NOVA – Definidos os semifinalistas da Copa Cuiabana de Futebol 7 Society 2024

A equipe dos Unidos da Rua 26 do técnico...

37% de mulheres preferem investir na carreira profissional do que se dedicar à vida materna

Cada vez mais, empresárias optam por não viver a...
Feito com muito 💜 por go7.com.br