sábado, 20 abril, 2024
23.5 C
Alta Floresta

Estupro de vulnerável e assédio contra mulher na política crescem mais de 60% em MT

Date:

Foram 62 casos de estupros de vulnerável neste ano em MT; em relação aos casos de homicídio doloso e feminicídio, 94 mulheres morreram

Mato Grosso teve um aumento de 69% nos casos de estupro de vulneráveis e 76% nos de assédio contra mulheres na política. Os dados comparam o período de janeiro a novembro de 2022 ao mesmo tempo em 2023 e são do Observatório de Segurança Pública do Estado.

Conforme os dados da Sesp (Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso), em 2022 foram registrados 62 casos de estupro de vulnerável. Neste ano, foram 105 casos. No quesito vulnerável são consideradas pessoas que, por qualquer causa, não possam oferecer resistência, como idosos e pessoas com deficiências intelectuais e físicas.

Apesar de ter reduzido 1% no período avaliado, os casos de estupros continuam altos. Em 2022, houve 353 estupros. Neste ano, foram 349 registro deste tipo de crime, até novembro.

Enquanto os casos de assédio contra mulheres na política são referentes também a outros casos como de constranger, humilhar, perseguir ou ameaçar mulheres que foram candidatas ou estavam em cargos eletivos. Os registros aumentaram de 26 para 37 casos, de 2022 para 2023.

Todos os casos são de mulheres de 18 a 59 anos.

Cenário de mortes se repete

Em casos mais graves, que levam as mulheres a perderem a vida, o Observatório mostra que os números são muito semelhantes, ainda no período de janeiro a novembro de 2022 para 2023.

Neste ano, 52 mulheres sofreram homicídio doloso, quando há a intenção de matar. No ano passado, 51 mulheres perderam a vida nessa mesma modalidade de crime.

Outras 42 mulheres, neste ano, sofreram feminicídio, que é considerado o assassinato de mulheres em contextos discriminatórios de gênero. Em 2022, o número, no mesmo período, era de 41.

Caso recente: chacina de mulheres em Sorriso

Um caso que chama atenção ocorreu no mês passado, no dia 24 de novembro, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. Um pedreiro que trabalhava ao lado da casa das vítimas confessou que matou uma mãe e as três filhas dentro da casa delas, no Bairro Florais da Mata.

O crime só foi descoberto pela polícia na segunda-feira (27). Além de ter matado, ele cometeu estupro contra algumas das vítimas. As mulheres identificadas são:

  • Cleci Calvi Cardoso – 45 anos;
  • Miliane Calvi Cardoso – 19 anos;
  • Manuela Calvi Cardoso – 13 anos;
  • Melissa Calvi Cardoso – 10 anos.

Cleici era proprietária de uma empresa de prestação de crédito e a filha mais velha, Miliane, cursava agronomia em uma faculdade do município. Já as filhas mais novas, Manuela e Melissa, tinham um canal de YouTube onde falavam sobre o amor entre irmãs.

O suspeito foi identificado como Gilberto Rodrigues dos Anjos, de 32 anos. Ele foi preso próximo ao local do crime, onde trabalhava, como funcionário em uma obra. Segundo a polícia, ele estava foragido por um estupro em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá e por latrocínio em Mineiros (GO).

O investigado foi transferido para PCE (Penitencia Centro do Estado), em Cuiabá.

Vai entrar em vigor: cadastros de pedófilos e de agressores

Duas leis que criam cadastros de pedófilos e agressores de mulheres, ambos condenados, vão entrar em vigor em Mato Grosso. O Governo do Estado informou na terça-feira (5) que vai cumprir a determinação para criação dos dois cadastros, após a validação do STF (Supremo Tribunal Federal).

As leis são a 10.315 de 2015 e a 10.915 de 2019, que devem ser executadas pela Sesp (Secretaria de Segurança Pública). Elas criam cadastros estaduais a serem mantidos pela Pasta, contendo, nomes de já condenados por crimes de cunho sexual, cometidos contra criança ou adolescente e de pessoas condenadas por crimes de violência contra a mulher.

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Brasil fica com 2 bronzes Internacional de Parabadminton Espanha

Vitor Tavares perdeu nas semis do simples do Internacional...

Arthur Nory é bronze em Doha, mas não consegue vaga olímpica

O brasileiro Arthur Nory conquistou a medalha de bronze...

LEIS DE MATO GROSSO – STF valida cadastro de pedófilos e condenados por violência contra a mulher

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), por unanimidade,...

Via Brasil BR-163 – Programação Semanal de Obras na BR-163 e BR-230

Semana de 15/04/2024 a 20/04/2024 - Via Brasil BR-163, empresa...
Feito com muito 💜 por go7.com.br