sábado, 13 abril, 2024
22.9 C
Alta Floresta

CBAt conversa com representantes do Estado sobre a pista do Ibirapuera

Date:

Em nota à imprensa o Governo de São Paulo informa que cancelou o contrato de locação da pista para evento automobilístico e convidou a Confederação e a Federação Paulista para integrarem grupo de trabalho responsável pelo projeto de reforma do Ibirapuera, com a revitalização da pista

A Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo emitiu nota, na noite de quarta-feira (14/2), informando que “cancelou o contrato de locação” da pista de atletismo do Estádio Ícaro de Castro Mello para evento de automobilismo na categoria drift. Representantes da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e da Federação Paulista de Atletismo (FPA) foram convidados para integrar grupo de trabalho responsável pela reforma do Complexo Constâncio Vaz Guimarães, o Ibirapuera – “a revitalização da pista de atletismo é prioridade desse projeto”, diz a nota oficial.

Cláudio Castilho, CEO da CBAt, e Joel Lucas Vieira de Oliveira, presidente da FPA, foram ao encontro de representantes da Secretaria do Estado, na quarta-feira (14/2), para conversar sobre a pista de atletismo do Ibirapuera, uma das mais icônicas do Brasil, e que precisa de reforma para voltar a receber grandes eventos internacionais. Foram recebidos pelo coronel Paulo Sérgio Merino, dentre outros representantes da Secretaria. Aceitaram o convite para integrar o grupo de trabalho e pediram que seja formalizado por ofício do Governo de São Paulo.

Pontualmente, o questionamento da comunidade do atletismo era sobre a realização do evento automobilístico Ultimate Drift na pista de atletismo, que estava marcado para 9 de março, pois não há garantias apresentadas à sociedade de que esse tipo de competição de carros não cause danos a estrutura construída para receber pessoas e não carros. Além do desvio de função da pista. O Ibirapuera sempre foi um templo do atletismo e há uma grande preocupação de que uma cidade como São Paulo possa receber eventos internacionais da modalidade que é a número 1 no programa olímpico.

A pista do Célio de Barros, ao lado Maracanã, no Rio de Janeiro, por exemplo, foi usada como apoio ao Estádio do Maracanã durante a Copa do Mundo de Futebol de 2014, com a promessa de ser reformada em seguida, o que jamais ocorreu.

“É um pilar dessa gestão desde o início”, afirmou Cláudio Castilho, sobre as intervenções da CBAt pela manutenção de equipamentos para o atletismo. Lembrou que a CBAt sempre esteve presente em movimentos que lutam pelo retorno da pista do Célio de Barros, manutenção da pista do Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro, e pela reforma da pista para o atletismo do Centro Educacional e Desportivo Professor Roberto Dick, em Cubatão (SP). 

A íntegra da nota enviada pela Secretaria para a imprensa

“A Secretaria de Esportes cancelou o contrato de locação do Estádio Ícaro de Castro Mello para o evento automobilístico previsto para 9 de março. A pasta reitera seu compromisso com a reforma do Complexo Esportivo Constâncio Vaz Guimarães e destaca que as tratativas para este fim com o Iphan e demais órgãos estaduais estão em andamento. A revitalização da pista de atletismo é prioridade desse projeto, vez que a modalidade é e continuará sendo protagonista desse equipamento público.

Após reunião realizada nesta quarta-feira (14), a Secretaria convidou a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e a Federação Paulista de Atletismo (FPA) para integrar o grupo de trabalho responsável pelo projeto de reforma do Complexo.”

Compartilhe:

você vai gostar...
Relacionado

Colíder! PP apresenta time forte para a Câmara Municipal e busca vice na chapa de Maninho

O partido está trabalhando o nome do vereador Luciano...

OLIMPUS – Atleta de 14 anos do programa de bolsa do Governo de MT é convocado para Sul-Americano de Tênis

Além de representar o Brasil em competição na Bolívia,...

Equipe de Saúde Bucal participa de Ação Solidária

Foi realizado em Alta Floresta, no bairro Cidade Alta,...
Feito com muito 💜 por go7.com.br